Embaixada da India no Brasil recebeu convidados para uma noite em Goa

 

Com a verdadeira hospitalidade indiana e uma comida maravilhosa e aromática o Diplomata e encarregado de negócios, Abyay k recebeu na Embaixada da India no Brasil Diplomatas, Jornalistas, membros Das Nações Unidas e da sociedade civil, para uma demonstração da culinária Indiana em um Jantar que encantou a Todos.

 

Uma noite de Goa em Brasília

 

Na quinta-feira, 30 de novembro, mais de 150 dignitários, incluindo diplomatas brasileiros, funcionários do governo, pessoas da mídia e aficionados à cultura no Brasil, reuniram-se na Embaixada da Índia em Brasília para uma extravagância cultural que mostra elementos de culinária, cultura, arquitetura e turismo do estado indiano de Goa. O evento, um esforço conjunto da Divisão dos Estados, do Ministério dos Assuntos Exteriores da Índia e da Embaixada, promoveu a cultura Goa no Brasil, enquanto explorava diversos aspectos de vínculos e afinidades culturais em comum.

 

Encarregado de negócios, Abhay Kumar deu as boas-vindas aos convidados e tocou brevemente nos numerosos pontos em comum e ligações entre Goa e o estado brasileiro da Bahia e a necessidade de uma relação mais próxima entre Panaji, Goa e Salvador, na Bahia. Os convidados foram tratados com uma boa experiência de Goa, como sua gastronomia, uma exposição fotográfica sobre Igrejas de Goa pelo notável historiador de arte e fotógrafo Benoy K Behl e filmes que destacam os principais pontos turísticos de Goa.

O Ministro Ary Quintella, Chefe do Departamento da Ásia Centra, Meridional e Oceania compartilhou suas experiencias em sua visita à Goa ano passado durante a visita ao Presidente Temer e declarou: “Iniciar por Goa uma primeira visita à Índia é, para um brasileiro, experiencia marcante

A Goan Evening in Brasilia

On Thursday, 30 November, over 150 dignitaries including Brazilian diplomats, government officials, media persons and culture aficionados in Brazil gathered at the Embassy of India in Brasilia for a cultural extravaganza showcasing elements of cuisine, culture, architecture and tourism of the Indian state of Goa. The event, a joint effort of the States Division, Ministry of External Affairs of India, and the Embassy, promoted Goan culture in Brazil, while exploring various aspects of common cultural linkages and affinities.

Chargé d’affaires Abhay Kumar welcomed the guests, and briefly touched upon the numerous commonalities and linkages between Goa and the Brazilian state of Bahia and the need for a sister city relationship between Panaji, Goa and Salvador, Bahia. The guests were treated to a wholesome Goan experience, with Goan cuisine, a photo exhibition on Churches of Goa by noted art historian and photographer Benoy K Behl and films highlighting major Goan touristic landmarks.

Minister Ary Quintella, head of the Departament of Central and South Asia and Oceania shared his experiences of visiting Goa last year during the visit of President Temer. He declared: “Going for a first visit to India, for a Brazilian, a remarkable experience”.

 

 Sobre GOA (Fonte 360 meridianos)

Um pequeno pedaço da Índia onde as ruas têm nomes em português e as famílias têm sobrenomes como Mascarenhas e Souza. Um lugar de praias de areia dourada e vilas bucólicas, tudo no estilo em que nós, brasileiros, estamos tão acostumados a ver em nosso litoral. Esse lugar atende por apenas três letrinhas: Goa.

A verdade é que Goa se parece com o Brasil. É que o estado foi parte de Portugal por cerca de 450 anos, até 1961, ano em que os exércitos da Índia, recém independente do Império Britânico, tomaram de volta o território. De Portugal, Goa herdou características próprias, como um modo de vida diferente do restante do país e que atraí interessados naquele tipo de turismo em que você se deita na areia da praia e vê o tempo passar.

Veja também: Baixe agora um ebook com milhares de dicas sobre a Índia

Forte em Goa - Índia

Como no restante do país, a maioria da população professa a fé hindu, mas Goa tem grande quantidade de cristãos (26%), outra herança portuguesa (e da Santa Inquisição). Igrejas, conventos e fortes portugueses estão espalhados por todo o estado, o que dá um ar ainda mais diverso para um país que já é cheio de contrastes. Mas vamos parar de conversa fiada e ir ao que interessa – se você chegou até Goa provavelmente está procurando 2 coisas: praias ou festas. Talvez as duas juntas.

Dezenas de restaurantes e bares funcionam durante todo o dia na beira da praia – servem de café da manhã até jantar; e vendem montes da cerveja que é fabricada e vendida apenas em Goa. Os impostos sobre o álcool são mais baixos nessa parte da Índia, o que torna o preço bem interessante. Durante a noite, os restaurantes colocam mesas na areia, que são iluminadas por velas e lampiões.

Veja também: A curiosa moda praia na Índia

Goa aumentou sua fama mundial por causa de uma festa silenciosa onde todos usam fones de ouvido e dançam no ritmo que bem entenderem. Eu achava isso meio idiota, até que cheguei em Goa e não achei a tal festa. Uma pena. Prefiro o silêncio ao tuntztuntuntz, tocado exaustivamente (e ensurdecedoramente) em quase todos os bares e restaurantes. Se trance não é sua praia, provavelmente as festas de Goa serão as coisas menos interessantes durante sua estadia por lá.