A EMBAIXADA DO PERU COMPARTILHARÁ COM A IMPRENSA EM BRASÍLIA O MILENÁRIO RITUAL DA “PACHAMANCA”

A EMBAIXADA DO PERU COMPARTILHARÁ COM A IMPRENSA EM BRASÍLIA O MILENÁRIO RITUAL DA “PACHAMANCA”

 

No próximo sábado, 25 de novembro, a Embaixada do Peru no Brasil organizará um evento em homenagem aos jornalistas de Brasília, para que possam conhecer mais da cultura e da gastronomia peruana, em um ambiente descontraído que faça possível o contato humano e a fraternidade.

 

Nesse sentido, por iniciativa da Embaixada do Peru e com a colaboração do conceituado restaurante “Taypá – Sabores del Perú”, o evento será realizado no jardim da residência da Embaixada, onde será feito o milenário ritual peruano da PACHAMANCA, que será oferecido especialmente aos profissionais da imprensa.

 

A PACHAMANCA é uma preparação típica dos Andes peruanos, declarada como Patrimônio Cultural da Nação, que consiste no cozimento de diversos alimentos através de pedras pré-aquecidas e colocadas no interior de um forno aberto na terra. Essa prática marca a antiguidade da gastronomia peruana e existe há milhares de anos, anterior à época dos Incas. O termo “PACHAMANCA” provém de uma voz no idioma quechua – língua oficial e que ainda é falada no interior do Peru – que significa “panela na terra”.

 

A elaboração da PACHAMANCA implica um simbolismo particular, uma vez que os antigos peruanos usavam o ritual para prestar uma homenagem a “Mãe Terra” e aos produtos que ela fornecia. Em um processo que demora algumas horas, cava-se primeiro um forno na terra, colocam-se as pedras pré-aquecidas e aos poucos vão introduzindo os vários tipos de carne e diversos vegetais andinos, que são previamente temperados com especiarias típicas da região como o “chincho” e o “huancatay”, dentre outros.

 

Para o evento do dia 25, a preparação será feita pelo restaurante “Taypá – Sabores del Perú” e seu Chef Marco Espinoza, quem organizou e selecionou dois cozinheiros experientes na prática ancestral, que estão vindo diretamente de Junín-Peru, região   originária da PACHAMANCA. Além disso, será oferecido outro tradicional prato peruano, chamado “chancho al palo”, feito à base de carne de porco cozida por várias horas no fogão à lenha.

 

A proposta gastronômica será acompanhada de bebidas peruanas, tais como: o “pisco sour” (coquetel nacional do Peru), o “chilcano” (também a base de pisco), a “caipipisco” (uma adaptação peruana da “caipirinha”, recentemente criada pela Embaixada), e a “chicha morada” (bebida não alcoólica do milho roxo, também tradicional do Peru).  

 

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.