Vietnã celebra os 73 anos de independência- Data Nacional

Há 73 anos, o povo do Vietnã levantou-se e conquistou, com sucesso, a sua independência nacional, formando o primeiro Estado Democrático Popular no Sudeste Asiático. O embaixador vietnamita Do Ba Khoa  recebeu convidados  no evento comemorativo da data nacional de seu país, realizado em Brasília ontem, 19 de setembro.

Segundo o Embaixador Khoa, o Vietnã saiu da lista de países pobres e figura, agora, nas fileiras dos países de renda média no mundo. Além disso, foi um dos poucos países que completaram, com êxito, mais de 50% dos objetivos de desenvolvimento do Milênio.

Através do seu discurso o Embaixador também   enfatizou que  os vietnamitas farão esforços para converter o Vietnã num país basicamente industrializado e vão lutar de forma decidida e persistente para defender firmemente a independência, a soberania, a unidade e a integridade territorial do País  ele destacou que o Vietnã continuará a praticar a política externa de independência, de soberania, de defesa do multi-lateralismo, de diversificação e de ativa integração internacional, preservando a paz e estabilidade e criando condições favoráveis para o desenvolvimento nacional, a fim de elevar a posição e o prestígio do Vietnã em sua região e no mundo.

Apesar da distância geográfica e cientes da posição e do papel que joga cada país na região, os líderes e povos do Vietnã e do Brasil decidiram estabelecer, em 2007, laços abrangentes de parceria bilateral. Desde então, a cooperação política governamental e partidária, bem como a cooperação econômica e comercial nos setores de segurança, defesa, ciência e tecnologia, cultura e educação estão se desenvolvendo e se aprofundando, em nível nacional e ministerial, entre cidades de ambos os países por meio de intercâmbios de delegações e de elaboração e aprovação de quadros jurídicos para a cooperação bilateral. O Evento também destacou a culinária vietnamita, através dos pratos servidos aos convidados.  Vários diplomatas brasileiros prestigiaram  e evento .

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.