Programa de bolsas para brasileiros estudarem no Reino Unido tem inscrição abertas

O governo do Reino Unido oferece bolsas de mestrado de um ano em universidades na Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. O programa Chevening cobre as passagens de ida e volta para o local, o curso escolhido e as taxas administrativas. Além disso, também é pago aos estudantes selecionados uma quantia mensal para as despesas pessoais, a emissão do visto e um auxílio financeiro para se instalarem no país. Em 2023, 47 brasileiros foram selecionados e acabaram de embarcar para iniciar seus estudos. As inscrições para as novas bolsas serão abertas em 12 de setembro e vão até 7 de novembro.

O processo seletivo tem apenas duas fases. Primeiro, o candidato faz a inscrição por meio do site do programa, preenchendo um formulário online com os cursos que gostaria de fazer. Em seguida, envia a documentação exigida, que inclui diplomas, histórico acadêmico, carta de aceitação das universidades e cartas de recomendação. O prazo para entrega de alguns desses documentos se estende até bem depois do encerramento da primeira fase de inscrições.

A segunda fase é a entrevista em inglês que ocorre presencialmente na embaixada, nos consulados e em diversas capitais do país. A embaixadora do Reino Unido no Brasil, Stephanie Al-Qaq, destaca que o projeto tem o objetivo de alavancar oportunidades de carreira dos selecionados. “Temos muito orgulho das trajetórias daqueles que foram beneficiados pelas bolsas do Chevening. Muitos se tornaram líderes e pioneiros em suas áreas de atuação”, completou.

Entre os pré-requisitos está a experiência profissional de, pelo menos, dois anos, podendo ser com trabalho voluntário e estágio remunerado ou não remunerado. James Edward, diretor do Chevening no Brasil, afirma que o programa busca estudantes dispostos a melhorar as relações entre britânicos e brasileiros. “Candidatos devem ser capazes de mostrar o impacto que eles irão causar”, afirma o diretor.

Os candidatos devem retornar ao país de origem após concluir um ano de estudo. O objetivo é que apliquem o conhecimento adquirido no curso ao voltar para casa. Não há limite de idade ou um curso específico para poder participar do programa Chevening.

Outras características esperadas de um bolsista são:

  • Ter experiência profissional de, pelo menos, dois anos (aqui também se aplicam trabalho voluntário e estágio remunerado ou não remunerado);
  • Desejar retornar ao país de origem após concluir os estudos para aplicar os conhecimentos adquiridos no Reino Unido;
  • Possuir um histórico profissional de excelência e conquistas, além de apresentar capacidade para se tornar um grande líder em sua área;
  • Demonstrar que possui as qualidades pessoais necessárias para se beneficiar da bolsa de estudos e utilizá-la em sua carreira;
  • Desejar se conectar a outros bolsistas Chevening enquanto estiver estudando no Reino Unido e também depois que retornar ao país de origem;
  • Possuir uma ideia bastante clara de como o curso que irá fazer poderá beneficiar seu país.

Mais informações sobre o processo estão disponíveis neste link: https://www.chevening.org/

Compartilhe

Brasília in Foco