Embaixadora do Senegal e Adidância Militar comemoram a Data Nacional do país e reforçam as relações bilaterais

Em um evento realizado no dia 20 de novembro, a Embaixadora do Senegal no Brasil a Senhora Fatoumata Correa e o Adido de Defesa Coronel Bamba Dias receberam vários Convidados ilustres  para um jantar de confraternização, entre os convidados estavam Adidos de Vários países, autoridades brasileiras e Jornalistas . O motivo do Jantar foi promover a comemoração do dia das Forças Armadas do Senegal .

Relações  Brasil x Senegal:

A importância das relações bilaterais para o relacionamento do Brasil com o continente africano é demonstrada pela presença de representação brasileira em solo senegalês já no século XIX (Consulado em Dacar). Pouco após a independência do Senegal (1960), foi criada a Embaixada do Brasil em Dacar – a primeira Embaixada brasileira na África subsaariana. A Embaixada do Senegal no Brasil foi inaugurada em 1963.

As relações têm se fortalecido na última década. A Presidenta Dilma Rousseff e o Presidente Macky Sall já se reuniram em duas oportunidades: no Rio de Janeiro, por ocasião da Conferência Rio+20 (2012), e na III Cúpula da América do Sul–África (Malabo, 2013). Em 2012, o Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, visitou o Senegal. Em 2013, o Ministro de Negócios Estrangeiros senegalês, Mankeur Ndiaye, realizou visita a Brasília. Em 2015, o então chanceler Mauro Vieira esteve em Dacar, quando manteve encontros com altas autoridades senegalesas.

A cooperação técnica tem sido um dos eixos centrais no relacionamento bilateral. Brasil e Senegal têm parcerias em projetos que abrangem áreas como horticultura, pecuária leiteira, produção de arroz, cultivo da mandioca, agricultura familiar, biocombustíveis e combate à anemia falciforme. É promissora a cooperação bilateral em políticas sociais e segurança alimentar.

Além disso, o Senegal é um dos países africanos a aderir ao Programa Mais Alimentos Internacional (PMAI), o qual prevê o fornecimento de maquinário agrícola e a prestação de cooperação técnica, com vistas à modernização da agricultura senegalesa.

O reescalonamento da dívida com o Brasil, concluído em 2013, habilita empresas brasileiras interessadas em atuar ou exportar para o Senegal a pleitear financiamentos junto ao BNDES. Abrem-se, com isso, novas perspectivas para a intensificação de intercâmbios bilaterais.(Fonte MREpara a intensificação de intercâmbios bilaterais.(Fonte MRE)para a intensificação de intercâmbios bilaterais.

          

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.