Embaixada da Áustria realiza declamação de poema especial por Vanessa von Glehn em homenagem à Imperatriz Leopoldina

Evento apresentou um poema especial encomendado pela Embaixatriz Angelika Scholz

A Embaixada Austríaca em Brasília sediou uma leitura de poesia especial na quarta-feira, 24 de janeiro, pela poetisa laureada Vanessa von Glehn. O evento apresentou um poema especial encomendado pela Embaixatriz Angelika Scholz como parte das comemorações para homenagear a vida e o aniversário da Imperatriz D. Leopoldina, no contexto das celebrações do Ciclo Bicentenário 2022-2025 da Independência do Brasil e dos 444 anos de amizade entre o Brasil e a Áustria.

A poetisa von Glehn fez uma declamação emocionante de seu novo poema “Parabéns, Amada Imperatriz Leopoldina”, escrito em homenagem à coragem e visão de Leopoldina para um Brasil independente. Os versos líricos de von Glehn deram vida à força interior e convicção de Leopoldina durante um período determinante na história do Brasil. Exaltando a Imperatriz, o público a homenageou com um decoroso “Salve! Salve! Mulher brilhante”, e a poetisa concluiu sob uma ovação de pé.

O evento também apresentou um trecho de uma nova peça sobre Leopoldina escrita pela aclamada roteirista Cleuza Brandão, direção de Eloisa Cunha e encenada pela atriz e cineasta Núbia Santana, Fundadora do Instituto Lumiart, com visagismo e produção de Eliane Moreira e figurino de Miguel Habacuc. Santana incorporou o espírito de Leopoldina em um monólogo envolvente, retratando o caráter da imperatriz e sua imensa contribuição para a independência do Brasil.

Em suas palavras de abertura do programa, o Embaixador Austríaco Stefan Scholz falou das raízes austríacas de Leopoldina e de seu papel crucial na independência do Brasil. O embaixador observou que Leopoldina começou a receber reconhecimento por suas contribuições apenas recentemente, e a embaixada se orgulha de sediar essa homenagem cultural.

O evento, conduzido por Carla Andressa, também incluiu uma performance de piano da pianista Elza Maria de Almeida Nogueira e uma pintura ao vivo de D. Leopoldina pela artista plástica Maria Tereza Xavier Fonseca.

Após as apresentações, von Glehn e Brandão se juntaram aos participantes para discutir o legado de Leopoldina e sua contínua relevância como modelo de liderança corajosa para as mulheres hoje. Membros da plateia, incluindo dignitários, artistas, acadêmicos e estudantes, participaram de um animado coquetel e discussões ao longo da noite.

A Embaixada Austríaca está realizando uma série de eventos culturais e históricos em todo o país em homenagem ao ciclo bicentenário, fortalecendo a amizade e compreensão entre o Brasil e a Áustria.

Compartilhe

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.