Embaixada celebra laços Brasil-Emirados e Presidente do Senado discursa no evento

A Embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Brasília celebrou com grandiosidade nesta terça-feira (11) os 50 anos da relação diplomática do seu país com o Brasil. Um evento com a presença de autoridades, empresários e outras personalidades convidadas foi promovido no espaço Monumental, na capital federal brasileira, com pronunciamentos, performances artísticas e culinária especial.

Ex-ministra Almheiri (esq.), ministra Guajajara (centro) e embaixador Alsuwaidi (dir.): dia de celebrar

Divulgação

A ex-ministra do Meio Ambiente e Clima dos Emirados Árabes Unidos, atualmente chefe do Escritório de Assuntos Internacionais da Presidência do país, Mariam Almheiri, foi recebida pelo embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Saleh Alsuwaidi, e fez o discurso de abertura da celebração.  A Câmara de Comércio Árabe Brasileira participou por meio do secretário-geral e CEO, Tamer Mansour.

A embaixada trouxe para o Brasil alguns símbolos da cultura, das artes e da culinária árabes, como a artista plástica Azza Al Qubaisi, o músico Abdulaziz Almadani e a chef de cozinha Kholuud Fairooz, que produziu o menu da festa dos 50 anos juntamente com o chef brasileiro Saulo Jennings. Azza e Abdulaziz realizaram atividades voltadas às suas áreas com crianças brasileiras no Distrito Federal.

“Foi uma cerimônia muito simpática e muito bem-organizada que demonstrou a ampla relação que Brasil e Emirados Árabes Unidos mantêm já há 50 anos”, disse para a reportagem da ANBA o secretário-geral da Câmara Árabe. Além de uma troca comercial forte e crescente, Brasil e Emirados Árabes possuem laços em áreas como turismo, cultura, educação, imigração, defesa e segurança.

Lideranças presentes

Lideranças do Brasil e dos Emirados
Lideranças do Brasil e Emirados

Entre as autoridades brasileiras que participaram da celebração estiveram a ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o senador e líder do governo na casa, Jacques Wagner, e o secretário de Promoção Comercial, Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura do Ministério das Relações Exteriores, Laudemar Aguiar Neto, além de várias outras lideranças políticas e empresariais.

Compartilhe

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.