Diplomata argentino Rafael Grossi é reeleito para dirigir a Agência Internacional de Energia Atômica

O diplomata argentino Rafael Mariano Grossi foi reconduzido ao cargo de Diretor-Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) para o período de 2024-2027. O anúncio foi feito durante a 67ª Conferência Geral da AIEA, em Viena, no dia 27 de setembro.

A postulação de Rafael Grossi a mais um mandato à frente da AIEA contou com o apoio do governo brasileiro. Ex-embaixador argentino na Áustria, Eslovênia, Eslováquia, ele assumiu a Direção-Geral da Agência Internacional de Energia Atômica em 2019.

Sob a gestão de Grossi, a Agência tem reforçado seu papel de promotora dos usos pacíficos da energia nuclear, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e para o bem-estar humano. O DG vem desempenhando, ademais, papel crucial à frente do organismo em tempos desafiadores no cenário internacional, em especial no enfrentamento de crises relacionadas a não proliferação e à segurança nuclear.

O apoio brasileiro inscreve-se, igualmente, no contexto da parceria estratégica entre o Brasil e a Argentina na área, cuja expressão mais eloquente é a Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (ABACC).

Compartilhe

Brasília in Foco