Brasília recebe a exposição “Portinari Raros”

O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília recebe, até 5 de novembro, a exposição “Portinari Raros”, de Candido Portinari (1903-1962), um dos mais célebres artistas brasileiros de todos os tempos. A mostra híbrida, como bem definiu o curador Marcello Dantas, reúne cerca de 200 obras do artista, em formato físico e digital, sendo algumas pouco vistas ou nunca antes expostas ao público. Esta é a última oportunidade para se surpreender com a exposição, que já passou pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte, e apresenta ao público as múltiplas facetas e linguagens de Portinari.

SOBRE A CONSTRUÇÃO DA MOSTRA

“Associado a certos matizes de cor e a um conteúdo figurativo levemente geométrico, existe um ‘estilo Portinari’ que se fixou no imaginário popular brasileiro. Poucos tiveram a oportunidade de se impressionar com o conjunto de técnicas e linguagens que atravessam a diversidade de sua obra, revelado em imagens tridimensionais, abstratas e realistas.

Para trazer à tona esses aspectos mais raros de sua produção, desenvolvemos alguns eixos, como sua paixão pela fauna e pela flora, imagens de sua infância, seu flerte com a abstração e a fascinação que teve, no final de sua vida, pela imagem simbólica de uma indígena Carajá, além da sua incursão nos palcos, assinando cenários e figurinos para o balé Iara”, conta Marcello Dantas – Criador e Curador da Mostra

PORTINARI TOTAL
A mostra, que ocupa a galeria do 1º andar e o pavilhão de vidro do CCBB Brasília, é composta por diversos núcleos: “Paisagens”, “Fauna”, “Gráfica”, “Cidade Imaginária”, “Cronologia de vida de Portinari”, “A Maria de Portinari”, “Infância”, “Todos por um”, “Projeto Portinari”, “Desenhos”, “Carajá”, “Balé Iara”, “Flores” e “Portinari Imenso”.

“Ao se debruçar sobre sua trajetória, descobre-se o domínio de um artista que se desafiou a entender a arquitetura da pintura de forma profunda e eloquente, e que usava o desenho como uma espécie de porto sobre o qual suas cores poderiam pousar. Seu desejo popular, a imersão em seus murais, a música que dialoga com o movimento insinuado em seus quadros já sugeria, desde sempre, uma experiência multidisciplinar”, analisa Marcello Dantas.

A vasta obra de Candido Portinari reflete o êxito de um artista que triunfou por ser original. A exposição “Portinari Raros” apresenta ainda a maquete de uma “cidade imaginária”, com modelos de edifícios famosos no Brasil e no mundo que abrigam obras desse artista plural.

João Candido Portinari, fundador e diretor-geral do Projeto Portinari, destaca que “uma exposição desta natureza, e com esta abrangência, não seria possível sem os 44 anos de trabalho do Projeto Portinari, que além de cooperar com seu parceiro de longa data, o curador Marcello Dantas, na seleção das obras, no universo de seu banco de dados que cruza 5.400 obras com 30 mil documentos, forneceu-lhe também suas fichas técnicas, e demais informações sobre elas, além dos arquivos em alta resolução que permitiram a realização de projeções monumentais das obras, além de conseguir o empréstimo de algumas obras capitais, como o Baile na Roça, citado acima”.

SERVIÇO

De 29 de agosto de 2023 a 5 de novembro de 2023

Horário | De terça a domingo, das 9h às 21h

Endereço | CCBB Brasília – SCES Trecho 02 Lote 22 – Edif. Presidente Tancredo Neves – Setor de Clubes Especial Sul – Brasília – DF

Entrada gratuita. Ingresso na bilheteria ou através do site bb.com.br/cultura

Classificação indicativa | Livre

Compartilhe

Brasília in Foco