Mais de 60 delegações e chefes de estado estão em Brasília para a posse de Lula entre eles o ex presidente Mujica e o presidente de Angola João Lourenço

O ex-presidente do Uruguais, José Pepe Mujica, estará presente na posse de Lula (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)
O ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, estará presente na posse de Lula (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Luiz Inácio Lula da Silva toma posse neste domingo em uma cerimônia que será acompanhada por mais de 60 delegações estrangeiras, uma demonstração de respeito de parte da comunidade internacional .

Cerca de 20 chefes de Estado e de governo, com participação expressiva de líderes da América do Sul e de países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). incluindo o Presidente de Angola e de Cabo Verde e Guine Bissau

O argentino Alberto Fernández e os representantes da nova onda de esquerda na região, os presidentes Gabriel Boric (Chile) e Gustavo Petro (Colômbia) também devem prestigiar a posse. Turquia, Azerbaijão, Gabão também tem presenças de ministros de estado.

O uruguaio Luis Lacalle Pou, de centro-direita, por sua vez, incluiu na delegação dois ex-presidentes, de correntes distintas: Julio María Sanguinetti (1985-1990 e 1995-2000) e José Pepe Mujica (2010-2015). De acordo com a embaixada uruguaia, o gesto “personifica os profundos laços de amizade e os sólidos e históricos vínculos existentes entre Uruguai e Brasil”.

Também parceiro do Mercosul, o Paraguai estará representado pelo presidente Mario Abdo Benítez’.

O Peru, terá como chefe o primeiro-ministro Alberto Otárola, não pela presidente Dina Boluarte. Avesso a viagens internacionais, o mexicano Andrés Manuel López Obrador escalou como enviada a Brasília a esposa, Beatriz Gutiérrez Müller. A missão dos Estados Unidos será encabeçada pela secretária do Interior, Deb Haaland. a delegação Argelina também marca forte presença em Brasília.

A delegação de Cuba será liderada por Salvador Valdés, vice do líder Miguel Díaz-Canel. E as Delegacões Russas e Sul-Coreanas serão lideradas pelos presidentes do Senado de cada país.

No continente continente Europeu que deve ser prioritário para a política externa de Lula, três países escalaram chefes de Estado, mas que têm cargos majoritariamente cerimoniais: Portugal, com o presidente Marcelo Rebelo de Sousa; Espanha, com o rei Filipe 6º, e Alemanha, com o presidente Frank-Walter Steinmeier.

Emmanuel Macron, recebeu Lula em Paris ainda em 2021, antes da eleição e terá sua delegação chefiada pelo ministro Olivier Becht (Comércio Exterior, Atratividade e Cidadãos Franceses no Exterior).

Além de vários jornalistas de todo o mundo que estarão na cobertura da visita das delegacões no Planalto, no Itamaraty e no Senado.

O Presidente da China Xi Jinping enviou seu vice presidente acompanhado de uma grande delegacão.

Chefes de Estado confirmados na posse de Lula:

  • Frank-Walter Steinmeier, da Alemanha;
  • João Lourenço, da Angola;
  • Alberto Fernández, da Argentina;
  • Luis Arce, da Bolívia;
  • José Maria Neves, de Cabo Verde;
  • Gabriel Boric, do Chile;
  • Gustavo Petro, da Colômbia;
  • Rodrigo Chaves Robles, da Costa Rica;
  • Felipe VI, da Espanha;
  • Umaro Sissoco Embaló, da Guiné-Bissau;
  • Marcelo Rebelo de Sousa, de Portugal;
  • José Ramos-Horta, de Timor-Leste.
  • Mujica

Compartilhe

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.