Embaixadora da Dinamarca, Eva Bisgaard Pedersen, celebra ascensão ao trono do Rei Frederik X

Monarquia dinamarquesa é a mais antiga da Europa, e uma das mais antigas do mundo

A embaixadora da Dinamarca no Brasil, Eva Bisgaard Pedersen, usou as redes sociais neste domingo (14) para anunciar a mudança na liderança de seu país.

“A Rainha Margrethe II abdicou após 52 anos no trono. Viva nosso novo regente, Sua Majestade, o Rei Frederik X da Dinamarca”, escreveu ela.

O embaixada da Suécia no Brasil também se manifestou, cumprimentando o país vizinho. “Vida longa ao Rei Frederik!”, dizia a mensagem publicada no X (antigo Twitter).

Festa nacional

Dinamarqueses lotaram as ruas de Copenhague para celebrar o novo monarca do país. Mais de 150 mil pessoas aguardavam ansiosamente pela proclamação, que na tradição dinamarquesa, foi realizada pela primeira-ministra Mette Frederiksen.

Essa foi a primeira vez em 900 anos que um monarca dinamarquês tomou a decisão de abdicar de forma voluntária. A monarquia da Dinamarca tem suas origens no rei viking do século X, Gorm, o Velho, e é a mais antiga da Europa, e uma das mais antigas do mundo.

A rainha Margrethe II esteve no Palácio de Christiansborg, onde assinou a abdicação do trono em favor do filho de 55 anos pela manhã. Às 15h do horário local (11h de Brasília), o novo rei dinamarquês surgiu na varanda do Castelo de Christiansborg, onde foi ovacionado pelo público em meio as cores vermelho e branco da bandeira do país.

“O príncipe herdeiro que agora será nosso regente, é um rei que conhecemos, um rei com quem nos importamos e um rei em quem confiamos. Longa vida ao rei.” disse a primeira-ministra Mette Frederiksen para a nação.

Em seguida, Frederik X, com um sorriso no rosto e ainda emocionado fez seu primeiro discurso lembrando do trabalho realizado pela mãe dele durante meio século e finalizou dizendo: “Precisarei de todo o apoio que puder da minha amada esposa, da minha família, de vocês dinamarqueses e daquilo que é maior que nós. Encaro o futuro com a certeza de que não estou sozinho”, enfatizou.

Após o fim da cerimônia, o rei Frederik e a rainha Mary saíram em uma carruagem em um cortejo pelas ruas de Copenhague e retornaram para o Palácio de Amalienborg, onde a bandeira real foi hasteada na residência dos novos reis, que saudaram a população na varanda da residência real com os filhos: o príncipe herdeiro Christian, a princesa Isabella, e os gêmeos Vicent e Josephine.

As informações são da Embaixada da Dinamarca e das agências.

 

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.