Dia da Imigração Japonesa no Brasil

A Embaixada do Japão anuncia a programação comemorativa dos 115 anos de imigração japonesa no Brasil, celebrado no dia 18 de junho.

Sessão Solene em Homenagem aos  115 Anos da Imigração  Japonesa no Brasil

O Grupo Parlamentar Brasil-Japão da Câmara dos Deputados realizará Sessão Solene para homenagear todos os pioneiros e descentes da comunidade japonesa no Brasil. Neste ano a homenagem será no dia 13 de junho, às 9h da manhã no Plenário da Câmara dos Deputados e contará com a participação da embaixada Japonesa no Brasil, dos deputados membros do grupo, autoridades, lideranças nikkeis e representantes das associações nipo-brasileiras.

A solenidade também será transmitida pela TV Câmara.

Cerimônia de lançamento da autobiografia do Ex-Embaixador Edmundo Sussumu Fujita e cerimônia em comemoração ao dia  da imigração japonesa no Brasil

O Itamaraty e a FUNAG realizarão uma cerimônia de lançamento da autobiografia do Ex-Embaixador Edmundo Sussumu Fujita e  em comemoração ao dia da imigração japonesa no Brasil, no dia 14 de junho, às 11h00 da manhã no Itamaraty.

Iluminação comemorativa no Eixo Monumental

Entre 16 e 18 de junho, prédios do Eixo Monumental de Brasília vão ganhar uma iluminação especial, em comemoração ao Dia da Imigração Japonesa. O Museu Nacional, a Biblioteca Nacional, a Catedral e a Torre de TV serão iluminados com a cor vermelha, em alusão à bandeira do Japão.

Além de Brasília, as cidades do Rio de Janeiro e Curitiba também serão iluminadas.

Projeto Limpa Brasília, do Dia da Imigração Japonesa

A Embaixada do Japão no Brasil, em conjunto com a JCI – Junior Chamber Internacional Brasília, promove, no dia 18 de junho, a partir das 9h00,  nas regiões da Asa Sul e Asa Norte,  o Projeto “Limpa Brasília”.

Frequentadores do templo Shin Budista Terra Pura, moradores da vizinhança, comerciantes, representantes da comunidade nikkei e apoiadores se reunirão para realizar uma ação de revitalização por meio da limpeza do espaço interno e dos arredores deste local de notável importância histórica e cultural para a comunidade japonesa em Brasília.

O Embaixador HAYASHI Teiji e autoridades presentes farão uma saudação ao público na cerimônia das 13h00 , no Templo Shin Budista Terra Pura e estarão disponíveis para entrevistas no local.

Informações sobre o evento: A preservação da higiene e cuidados com o meio ambiente são valorizadas no cotidiano do povo japonês e da comunidade nikkei no Brasil. Nesta área, acreditamos que a ação de cada um importa, e que uma pequena ação pode fazer uma grande diferença. Essas motivações foram fundamentais para o planejamento desse projeto, ocasião oportuna para disseminar os valores compartilhados pela comunidade nipo-brasileira e incentivar a sua integração em prol da cidade e seus moradores.

Concurso de redação em comemoração dos 115 anos da imigração japonesa para o Brasil, na escola modelo da língua japonesa

A Associação de Estudos da Língua Japonesa de Brasília realiza o concurso de redação em comemoração dos 115 anos da imigração japonesa para o Brasil, na escola modelo da língua japonesa, no dia 18 de junho, a partir das 10:30, na escola modelo da língua japonesa. O objetivo deste concurso é incentivar estudantes da língua japonesa a estudar ainda mais. O tema do concurso é “eu e a língua japonesa” e “eu e a cultura japonesa”.

Semana Gastronômica Internacional do Japão, no Restaurante-escola SENAC no Senado Federal

Nos dias 28 e 29 de junho, entre 12h00 às 15h00, o Restaurante-escola SENAC no Senado Federal recebe a Semana Gastronômica Internacional do Japão, com a sequência de pratos especialmente elaborados pelo Chef Nohara Kazumine.

E será transmitido ao vivo uma aula – show da culinária japonesa ministrada pelo Chef Nohara no Instagram do @SENAC_CEAG, a partir das 19 h do dia 30 de junho.

Sobre a imigração japonesa no Brasil

A imigração japonesa no Brasil tem como marco inicial a chegada do navio Kasato Maru, no Porto de Santos, no dia 18 de junho de 1908. Após uma viagem de 52 dias a partir de Kobe, a embarcação trouxe ao país os 781 primeiros imigrantes vinculados ao acordo imigratório estabelecido entre Brasil e Japão.

Os principais destinos desse e dos demais grupos de japoneses que chegariam ao país nos anos seguintes eram as fazendas e colônias agrícolas, inicialmente de São Paulo e Paraná. Ao longo do século, outras ondas migratórias levariam os nikkeis a outros territórios brasileiros, incluindo o interior do país e a região amazônica. Estima-se que mais de 2 milhões de japoneses e descendentes componham a comunidade nikkei no Brasil atualmente, aproximadamente 50 mil deles no DF.

Mais informações no acervo digital do Museu da Imigração Japonesa.

Compartilhe

Brasília in Foco