Entrevista com Pham Thin Kim Hoa-Embaixadora do Vietnã no Brasil

Pham Thin Kim Hoa-Embaixadora do Vietnã no Brasil

1. Bilateral relation between Brazil and Vietnam?

In Vietnam, Brazil is known to many Vietnanese as a beautiful and vast country in the Amazon river basin, with unique landscapes, a national football team that has 5 times won the world championship, with a vibrant samba dance and colorful carnaval festival. In recent years, Brazil is more and more known for its strong and dynamic growth, becoming the biggest economy in Latin America.

A close relation between Vietnam and Brazil began long before the two countries officially established diplomatic relations. In the early 20th century, our President Ho Chi Minh, when he was young, stopped in Rio de Janeiro when he sought to save the nation and liberate the nation. Even in the 60s and 70s of the previous century the Vietnamese people were waging the struggle for national liberation and national reunification, the Brazilian people had many activities to show solidarity and support the our people.

On May 8, 1989, Vietnam and Brazil signed an agreement to establish diplomatic relations, opening a period of long-term and stable cooperation for bilateral relations. From that historical milestone, the relationship between Vietnam and Brazil has continuously developed positively. In 2007, the two countries officially established a Comprehensive partnership , bringing bilateral relations to a whole new level.

2. In which area do you think both countries should cooperate more? Please use this space to make your own comments about the Brazilian and Vietnam import and exports?

In general, the cooperation between Vietnam and Brazil over the past time has developed comprehensively, especially in the field of economic and trade. Currently, Brazil is the largest trading partner of Vietnam in Latin America. Our countries’ trade has constantly maintained its momentum in recent years and has plenty of room for cooperation in the coming time.

Bilateral trade turnover had a remarkable development after 14 years, from USD 75 million in 2004 to USD 4.6 billion in 2020 (increased by more than 61 times), increasing 2.3% compared to 2019, regardless of the context of Covid-19 pandemic. Vietnam exports to Brazil commodities such as seafood, animal fat, rice, steel, ceramics, electronic components. Brazil exports products such as zinc, plastics, assorted meat, food processing by-products, rubber, textile fibers. Currently, the trade balance still  strongly inclined towards Brazil. I expect the two countries to continue to expand import and export products that both sides have potentials to balance the trade balance in order to benefit both Vietnam and Brazil, especially in the context of which Vietnam and MERCOSUR membercountries are exploring opportunities to establish a free trade agreement between Vietnam and MERCOSUR.

As both countries  have its potentials in agriculture and livestock, agricultural trade will continue to be an outstanding field of cooperation that both sides are interested in promoting. Vietnam and Brazil have many complementary product groups and great cooperation potential, especially while Brazil is a large market with more than 210 million people with diverse needs for agricultural products and Vietnam is having a developed livestock industry that requires an abundant supply of animal feed. In particular, the two sides are currently continuing to negotiate reciprocally on the opening of agricultural markets to promote further growth in agricultural trade. In addition, the two countries also maintain to share experiences in agricultural production, organic agriculture, biodiversity.

I am pleased to see that cultural exchange, education and tourism continue to be promoted, bringing the people of Vietnam and Brazil closer r. Before appearing the Covid-19 pandemic, in both Vietnam and Brazil, there were art performances, film weeks, food introduction week, exhibitions which were always receive great attention of vietnamese as well as brazillian people; he Government of Brazil has sent teachers to teach Portuguese in Vietnam, effectively contributing to enhancing cultural and historical understanding between the two countries; the number of Brazilian tourists visiting Vietnam and Vietnamese tourists visiting Brazil still continues increasing. However all those activities have all been disrupted by the pandemic in 2020. In the upcoming time, when the Covid-19 vaccine is widely available around the world in general and in Vietnam and Brazil in particular, I believe that these practical cooperation activities will be increasingly replicated, becoming more cultural bridge connecting the people of the two snations.

Despite the remote geographical distance, it can be seen that the two countries still have great potentials for cooperation. I hope that the governments will continue to create favorable conditions to further expand other fields of cooperation such as investment, health, science-technology research, manufacturing and processing, biotechnology, aviation, infrastructure construction, bussiness cooperation.

3. What are the plans for your mission here in Brazil?

My main goal will be to maintain and promote further cooperation between the two countries in all fields such as politics, economics-trade, defense, culture-education, tourism. As I mentioned above, these are areas that both sides have strengths, but still cannot be compared to the great potentials of our two countries, which need to be paid more attention in the upcoming time. One of the things I desire the most is to be able to promote to Brazil and brazillian people the image of a beautiful Vietnam, with a unique culture and a long history, which is growing

Versão em Portugûes da Entrevista

1. Fale um pouco sobre a Relação bilateral entre Brasil e Vietnã?

No Vietnã, o Brasil é conhecido por muitos vietnamitas como um belo e vasto país na bacia do rio Amazonas, com paisagens únicas, uma seleção nacional de futebol que já venceu 5 vezes o campeonato mundial, com um samba vibrante e um colorido festival de carnaval. Nos últimos anos, o Brasil é cada vez mais conhecido por seu crescimento forte e dinâmico, tornando-se a maior economia da América Latina.

Uma relação estreita entre o Vietnã e o Brasil começou muito antes de os dois países estabelecerem oficialmente relações diplomáticas. No início do século 20, nosso Presidente Ho Chi Minh, quando era jovem, parou no Rio de Janeiro quando buscava salvar a nação e libertar a nação. Ainda nas décadas de 60 e 70 do século anterior o povo vietnamita travava a luta pela libertação nacional e pela reunificação nacional, o povo brasileiro tinha muitas atividades para mostrar solidariedade e apoiar o nosso povo.

Em 8 de maio de 1989, o Vietnã e o Brasil firmaram um acordo para estabelecer relações diplomáticas, abrindo um período de cooperação estável e de longo prazo para as relações bilaterais. A partir desse marco histórico, a relação entre o Vietnã e o Brasil desenvolveu-se continuamente de forma positiva. Em 2007, os dois países estabeleceram oficialmente uma parceria abrangente, elevando as relações bilaterais a um nível totalmente novo.

2. Em que área você acha que os dois países deveriam cooperar mais? Use este espaço para fazer seus próprios comentários sobre as importações e exportações do Brasil e do Vietnã?

Em geral, a cooperação entre o Vietnã e o Brasil ao longo do tempo desenvolveu-se de forma abrangente, especialmente no campo da economia e do comércio. Atualmente, o Brasil é o maior parceiro comercial do Vietnã na América Latina. O comércio de nossos países tem mantido constantemente seu ímpeto nos últimos anos e tem muito espaço para cooperação nos próximos anos. O volume de negócios do comércio bilateral teve um desenvolvimento notável após 14 anos, de US $ 75 milhões em 2004 para US $ 4,6 bilhões em 2020 (aumentou mais de 61 vezes), aumentando 2,3% em relação a 2019, independentemente do contexto da pandemia de Covid-19. O Vietnã exporta para o Brasil commodities como frutos do mar, gordura animal, arroz, aço, cerâmica, componentes eletrônicos. O Brasil exporta produtos como zinco, plásticos, carnes variadas, subprodutos de processamento de alimentos, borracha, fibras têxteis.

Atualmente, a balança comercial ainda está fortemente inclinada para o Brasil. Espero que os dois países continuem expandindo a importação e exportação de produtos que ambos os lados tenham potencial para equilibrar a balança comercial a fim de beneficiar o Vietnã e o Brasil, especialmente no contexto em que Vietnã e países membros do MERCOSUL estão explorando oportunidades para estabelecer um comércio livre acordo entre Vietnã e MERCOSUL.

Como ambos os países têm potencial na agricultura e pecuária, o comércio agrícola continuará a ser um campo de cooperação notável que ambos os lados estão interessados ​​em promover. O Vietnã e o Brasil têm muitos grupos de produtos complementares e grande potencial de cooperação, especialmente enquanto o Brasil é um grande mercado com mais de 210 milhões de pessoas com necessidades diversas de produtos agrícolas e o Vietnã tem uma indústria pecuária desenvolvida que requer um suprimento abundante de ração animal. Em particular, as duas partes continuam atualmente a negociar reciprocamente a abertura dos mercados agrícolas para promover um maior crescimento no comércio agrícola. Além disso, os dois países também mantêm a troca de experiências em produção agrícola, agricultura orgânica, biodiversidade. Fico feliz em ver que o intercâmbio cultural, a educação e o turismo continuam a ser promovidos, aproximando o povo do Vietnã e do Brasil. Antes do surgimento da pandemia Covid-19, tanto no Vietnã quanto no Brasil, houve apresentações de arte, semanas de cinema, semana de introdução gastronômica, exposições que sempre receberam grande atenção tanto vietnamitas quanto brasileiros; O Governo do Brasil enviou professores para ensinar português no Vietnã, contribuindo efetivamente para aumentar o entendimento cultural e histórico entre os dois países; o número de turistas brasileiros que visitam o Vietnã e vietnamitas que visitam o Brasil continua aumentando. No entanto, todas essas atividades foram interrompidas pela pandemia em 2020. No próximo tempo, quando a vacina Covid-19 estiver amplamente disponível em todo o mundo em geral e no Vietnã e no Brasil em particular, acredito que essas atividades de cooperação prática serão cada vez mais replicado, tornando-se uma ponte mais cultural conectando os povos das duas nações.

Apesar da distância geográfica remota, verifica-se que os dois países ainda apresentam grandes potencialidades de cooperação. Espero que os governos continuem a criar condições favoráveis ​​para expandir ainda mais outros campos de cooperação, como investimento, saúde, pesquisa científica e tecnológica, manufatura e processamento, biotecnologia, aviação, construção de infraestrutura, cooperação empresarial.

3. Quais são os planos da sua missão aqui no Brasil?

Meu principal objetivo será manter e promover uma maior cooperação entre os dois países em todos os campos, como política, economia-comércio, defesa, cultura-educação, turismo. Como mencionei acima, essas são áreas em que ambos os lados têm pontos fortes, mas ainda não pode ser comparado aos grandes potenciais de nossos dois países, que precisam ser prestados mais atenção nos próximos tempos. Uma das coisas que mais desejo é poder divulgar ao Brasil e ao povo brasileiro a imagem de um belo Vietnã, com uma cultura única e uma longa história, que está crescendo.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.