Colaboração científica Itália-Brasil na COVID-19

Em 31 de março, alguns dos melhores pesquisadores italianos e brasileiros farão um balanço, avaliando também o potencial industrial, sobre a cooperação entre os dois países na luta contra a COVID-19, o que levou a importantes resultados publicados nas mais conceituadas revistas científicas internacionais.

Organizada em videoconferência pela Embaixada da Itália, com o apoio dos Consulados de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife, e da Associação de Pesquisadores Italianos no Brasil, a reunião contará com a presença do Ministério italiano da Universidade e Pesquisa, do Instituto Superior de Saúde italiano, do IRCSS Spallanzani, da Universidade de Verona e da universidade australiana de Newcastle, da prestigiosa Fundação Oswaldo Cruz e da Universidade de Brasília. O Embaixador Francesco Azzarello abrirá o evento. Os interessados podem efetuar suas inscrições CLICANDO AQUI

Seminário por videoconferência

Brasília, 31 de março de 2021, 10h00 – 13h00 (15h00 – 18h00 Itália)

10h00 – 10h30       Abertura

Francesco Azzarello, Embaixador da Itália no Brasil

– Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde, Brasil (tbc)

Eugenio Gaudio, Ministério da Universidade e Pesquisa, Itália

– Silvio Brusaferro, Presidente do Instituto Superior de Saúde (ISS), Itália

10h30 – 10h50       O virus e a pesquisa básica

Enrique Roberto Argañaraz, Universidade de Brasília:

A1 Antitripsina – A1AT: Um possível fator celular contra Covid-19”

10h50 – 12h00       O virus e a epidemiologia

Luiz Carlos Junior Alcantara, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro:

“Viral Genomic and Metagenomic Surveillance with Scientific and Technological Sharing with National Public Health Laboratories:  from Arboviruses to SARS-CoV-2”

Marta Giovanetti, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro:

“The crisis at the time of coronavirus: Italo-Brazilian cooperation to track emerging SARS-CoV-2 variants”

Giuseppe Lippi, Università di Verona:

“Epidemiology and laboratory diagnosis of COVID-19: the Italian perspective”

Flavia Riccardo, Istituto Superiore di Sanità

“Data for action from an Italian perspective: how epidemiology can support coordinated COVID-19 response”.

12h50 – 12h50       Tratamentos e vacinas

Lanini Simone, IRCSS Spallanzani Roma:

“Vaccine against COVID-19: the Italian prospective”

Francesco Paolucci e Marcello Antonini, Universidade de Newcastle, Australia:

“Responses to COVID-19 in Brasil and Italy”

12h50 – 13h00      Conclusões

Paulo Marchiori Buss, Fundação Oswaldo Cruz, Brasil

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.