Embaixada da Itália em Brasília celebra o nascimento da República Italiana

A Embaixada da Itália em Brasília comemorou a Data Nacional da do país ontem,06 de junho, em um grande evento . A celebração na sede da Embaixada italiana contou com a presença do Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg e a esposa Márcia Rollemberg, o Senador José Serra, Senador Jorge Viana,  corpo diplomático e militares brasileiros e  estrangeiros, comunidade italiana no Brasil e Jornalistas. Os anfitriões foram  o embaixador Antonio Bernardini , esposa e a missão diplomática  da Itália no Brasil.

O evento foi uma grande festa com vários ambientes, muito vinho italiano, comida típica, sorvetes, queijos e toda a culinária do país ,música brasileira, exposição de carros e produtos da Itália.

 

 

Sobre a Data – 02 de junho:

O nascimento da República Italiana deu-se após o resultado do plebiscito institucional dos dias 2 e 3 de junho de 1946, estabelecido para determinar a forma de governo na Itália depois da Segunda Guerra Mundial. Pela primeira vez, em uma consulta política pública nacional, as mulheres votaram.

O plebiscito aprovou o fim da monarquia e o nascimento da República. A principal celebração da Festa da República acontece em Roma, com uma manifestação que compreende a deposição, por parte do Presidente da República, de uma coroa de louro em homenagem ao Soldado Desconhecido (Milite Ignoto) no Altar da Pátria, um desfile militar ao longo da Via dei Fori Imperiali e o imcomparável voo das Frecce Tricolori, equipe nacional de acrobacias aéreas da Força Aérea Italiana, criada em 1961. Também no Brasil a Festa da República Italiana é celebrada nas principais capitais.

 

 

 

                                                    

 

 

 

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.