Belarus comemora Data Nacional

No dia 3 de julho a República de Belarus celebra o Dia da Independência. É uma data importante da história de Belarus: o dia da libertação de Minsk em 1944 dos invasores nazistas durante a “Operação Bagration”.

Belarus sofreu o maior dano durante a Guerra. A ocupação do território de Belarus pelas nazistas durou de junho de 1941 até agosto de 1944. A guerra mais terrível da história humana deixou uma marca indelével em cada família de Belarus. O povo belarusso teve sacrifícios incalculáveis por esta vitória. Cada terceiro cidadão belarusso foi morto, lutando no exercito vermelho, nos grupos dos partisans e clandestinos ou foi matado as operações punitivas realizadas pelos invasores no território ocupado de Belarus.

Na terra belarussa nazistas queimaram, destruíram e saquearam 209 de 270 cidades e centros regionais, ao menos 9.200 aldeias belarussas (para 80-90% foram destruídos Minsk, Gomel, Vitebsk).

Segundo o Embaixador de Belarus no Brasil, Sr. Aleksandr Tserkovsky, Dia da Independência é uma data de homenagem ao orgulho, valor e glória, a personificação da unidade e coesão do povo belarusso.

As novas gerações de belarussos fizeram uma proeza igualmente significativa: criaram um país com uma economia socialmente orientada, agricultura desenvolvida, ciência avançada, revitalizando as tradições nacionais e a rica cultura.

Para belarussos o Dia da Independência é o aniversário do país belo e próspero. O trabalho criativo e cotidiano de cada um de nós deve contribuir para maior bem-estar e desenvolvimento sócio-econômico do pais. E hoje, quando sociedade enfrenta novos objetivos, a garantia para sua implementação é nossa unidade.

Somente juntos podemos levar o país a um caminho mais sustentável de desenvolvimento, multiplicar o nosso capital financeiro e humano, avançar neste mundo controverso.

Como um dos membros fundadores da ONU, Belarus apoia totalmente a política das Nações Unidas nas áreas de manutenção e segurança internacionais da paz e baseia sua política externa nos princípios da paz e da boa vizinhança. No atual momento incómodo da história, a República de Belarus continua a apoiar uma resolução pacífica dos problemas e conflitos que o mundo enfrenta hoje e condena o terrorismo e a violência internacional de todas as formas.

Em 10 de fevereiro de 2022, Belarus e o Brasil vão comemorar
o 30º aniversário de estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países.

Ao longo de 30  anos de cooperação bilateral os belarussos e os brasileiros conhecem cada vez mais as tradições, a cultura dos povos, e a distância entre os países se torna mais curto. O Brasil tornou-se o principal parceiro comercial de Belarus entre os países da América do Sul e atualmente encontra-se entre os vinte países com que Belarus tem os maiores volumes de intercambio comercial.

Belarus ainda tem o interesse de atrair os investimentos brasileiros para implantar no país sul-americano a produção de tratores, caminhões
fora-de-estrada e colheitadeiras à base de tecnologias belarussas. Ao mesmo tempo, Belarus visa tornar-se uma porta de entrada no amplo mercado da União Econômica Eurasiática para exportações brasileiras e produtos de outros países-membros do MERCOSUL.

Não tem dúvida que Belarus e o Brasil ainda têm muito para atingir pela frente em muitas áreas de cooperação bilateral. Percebe-se muito importante que este relacionamento seja construído de forma amigável e recíproca, baseando-se nos princípios de compromisso e vantagem mútua.

Com informações da Embaixada de Belarus no Brasil

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.