Artigo – O que é que esse chai tem? – Por Jamila Gontijo

Uma bebida indiana com toques originais

É raro encontrar em Brasília o chai, uma bebida quente tradicional da cultura indiana, feita a base de chá preto e especiarias. A receita básica leva canela, cardamomo e gengibre e pode ser servida com um pouco de leite. Quando ganhou o mundo (e isso já faz muito tempo), o chá indiano recebeu muitas versões. Nenhuma das que eu havia experimentado antes foi tão inusitada quanto a que provei na Seleve, uma padaria na asa norte com produtos funcionais, sem glúten e sem lactose.

A versão da Seleve é feita com leite de castanhas e tâmaras para adoçar, além de açafrão-da-terra e a tradicional canela. Os outros ingredientes da receita eu deixo para você, leitor, descobrir quando for lá provar. O chai ganhou o nome de Golden Milk no cardápio da padaria que serve lanches e tem um balcão ensolarado pra gente sentar. A bebida é bem cremosa e realmente tem a cor de amarelo-dourado vibrante. Pedi um sanduíche com pão integral para acompanhar e fiquei pensando na medicina Ayurveda, praticada na Índia, e que significa “ciência da vida”. Um dos pilares desta medicina, assim como acreditavam alguns filósofos ocidentais da Antiguidade Clássica, que o alimento pode ser nosso remédio e fonte de saúde plena. É bom quando saúde e sabor se encontram, como neste chai queusa ingredientes saudáveis, ainda mais nesta versão sem açúcar e sem leite.