África do Sul comemora 24 anos de liberdade política, no CCBB, em Brasília

                                                                                                                                                       

 

Ontem, 27 de abril, a África do Sul comemorou os  24 anos de liberdade política após a fase, em 1948, da segregação racial no país , ¨o apartheid¨ onde a sociedade sul-africana era dividida entre brancos e negros. Em 1994, houve a primeira eleição, a nação elegeu Nelson Mandela para presidente.

Os sul-africanos comemoram este dia, hasteando  a bandeira do país em suas cidades, representando o fim de uma época sofrida, segredada e construída por preconceitos.

Considerado o “Pai da nação sul-africana”, Nelson Mandela, permaneceu 27 anos preso em Robben Island, localizada na Cidade do Cabo, até sua soltura em 1990. O primeiro presidente negro que derrotou o apartheid, de modo que trouxe a liberdade no país, foi agraciado, em 1993,com o Prêmio Nobel da Paz, seguindo o seu mandato em 1994 até 1999.Nelson Mandela morreu em 2013, aos 95 anos. Em vida, ele ganhou o Prêmio Nobel da Paz pela sua luta contra o Apartheid.

                                                                                                                                                                        

Nelson Mandela dedicou 67 anos da sua vida na luta pela paz na humanidade e pelos direitos humanos.

A Embaixada em Brasília comemorou, ontem  em uma recepção no CCBB, com a presença de vários diplomatas, embaixadores e jornalistas. Em seu discurso, o Embaixador enfatizou a história do líder Mandela e o avanço da Africa do Sul hoje nas questões de direitos humanos Africa do Sul hoje nas questões de direitos humanos

.                                                                                                                   

                                                                                                                                                                                                                                                 

 

Nelson Mandela dedicou 67 anos da sua vida na luta pela paz na humanidade e pelos direitos humanos.

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.