Saiba os pontos principais da entrevista com o Vice Primeiro Ministro de Belarus e os frutos de sua visita ao Brasil

O Vice Ministro de Estado de Belarus, Anatoli Kalinin, visitou o Brasil  e explicou os seguintes tópicos com exclusividade ao Brasília in Foco:

 

1 – Parcerias com o GDF
Durante o encontro com o Sérgio Sampaio, Chefe da Casa Civil do
Governo do Dsitrito Federal, falamos sobre o potencial econômico da
República de Belarus e do Distrito Federal.
O Distrito Federal recuperou-se bastante durante 2017, especialmente
na área de produção agrícola e indústria de alta tecnologia. E Brasília é uma
das cidades mais importantes em termos de cultura e educação tanto para
o Brasil quanto para a todo região.
Para Belarus, o principal interesse na área da economia é a importação
de soja, que está atualmente em demanda alta. Nós também temos dois
principais parques tecnológicos, o Hi-Tech Park e o Parque Industrial
Bielorrusso-Chinês "Great Stone". Eu acredito que a organização do
intercâmbio entre as instituições de Brasília e os homólogos bielorrussos
beneficiaria muito os dois lados. Também é importante abraçar a cooperação
entre as nossas universidades principais, UnB e Universidade Estatal de
Belarus.
Aproveito também o estilo incomporavel da arquitetura de Brasília.
Penso que existe também um grande potencial de cooperação na área de
construção, vale a notar, que as empresas bielorrussas já têm muita
experiência na construção na América Latina.
2 – Compra de aeronaves Brasileiras
Em São Paulo, tive o prazer de me encontrar com o Sr.John Stephen
Slattery, Vice-Presidente da Embraer S.A. Belarus tem um grande interesse
em desenvolver parcerias com o Brasil na área de aeronáutica. Nossa
empresa de aviação nacional "Belavia" comprou vários aviões da Embraer
S.A. e seria interessante e benéfico para nossos países organizar o centro de
manutenção das aeronaves da Embraer S.A., pois temos todos os pré-
requisitos necessários. Isso facilitaria a prestação de serviços e manutenção
para as empresas no espaço pós-soviético que possuem aviões Embraer em
sua frota.
3 – novas negociações comerciais
Durante a visita da delegação oficial, além das reuniões nos ministérios
e outras agências governamentais, os representantes das empresas
bielorrussas também encontraram com os círculos empresariais brasileiros.
No dia 28 de novembro, ocorreu a Rodada de Negócios e Matchmaking
em São Paulo, e no dia 29, todos nos, membros da delegação, participamos
do primeiro Fórum de Negócios Belarus-Brasil. Mais de 80 empresários de

todo o Brasil participaram do fórum, onde os membros da delegação
bielorrussa representando empresas, como, por exemplo,
JSC Bobruiskagromashm”, JSC “MTZ”, JSC “Belzarubezhstroy”,
JSC “Belshina”, JSC “Belarusneft”, e outras, organizaram apresentações do
potencial das companhas.
No final do fórum, foram assinados contratos para o valor a total de
mais de 40 milhões de dólares, principalmente nas áreas de têxteis, potássio e
equipamentos agroindustriais.
4 – Memorando assinado em Julho de 2017
Na continuação da assinatura do Memorando em julho de 2017, no dia
27 de novembro, no Itamaraty, realizou-se a 1ª Reunião da Comissão
Conjunta Bielorrusso-Brasileira de Cooperação Econômica, presidida por
Evgeny Shestakov, Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros da República
de Belarus, e Santiago Irazabal Mourão, Subsecretário-geral de Cooperação
Internacional, Promoção Comercial e Temas Culturais da Ministério das
Relações Internacionais da República Federativa do Brasil.
As Partes discutiram o estado atual dos assuntos econômicos em ambos
os países e a prospectiva de cooperação bilateral nas áreas da economia e do
comércio. Outra coisa importante foi uma discussão sobre o aprofundamento
do diálogo entre a União Econômica Eurasiática e o Mercosul.
Entre outras questões abordadas durante o encontro foram as
possibilidades de cooperação na área petroquímica e cooperação inter-
regional, incluindo o cooperação com o Estado de Goiás.
Acredito que a próxima reunião da Comissão ocorrerá em Minsk, em
setembro de 2018.
5 – Rodada de Negociacões em São Paulo.
Como já mencionei, no dia 28 de novembro, em São Paulo, ocorreu
uma Rodada de Negocios e Matchmaking, organizada pela Embaixada da
República de Belarus e a Câmara de Indústria e Comércio de Belarus. Cerca
de 50 representantes de empresas brasileiras, interessadas em parceria com
empresas bielorrussas, participaram do evento.
O principal resultado do evento foi o estabelecimento de contatos entre
empresas bielorrussas e brasileiras que trabalham na área de têxteis,
fertilizantes, petroquímico e de equipamentos industriais. Outro destaque foi
as apresentações do potencial da Agência Nacional de Investimentos e
Privatização e da Câmara de Indústria e Comércio de Belarus, que causou
grande interesse e entusiasmo dos empresários brasileiros.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.