Prêmio Engenho de Comunicação será entregue na Embaixada de Portugal

14º PRÊMIO ENGENHO DE COMUNICAÇÃO SERÁ DIA 24 DE OUTUBRO NA EMBAIXADA DE PORTUGAL, EM BRASÍLIA

 

Comissão julgadora da edição 2017 terá sete integrantes

 

A Cerimônia de premiação do 14ª Prêmio Engenho de Comunicação – O Dia em que o Jornalista Vira Notícia está com data marcada: 24 de outubro, à noite, na Embaixada de Portugal, em Brasília. O evento contempla jornalistas e veículos de comunicação em até 10 categorias e defende valores como liberdade de expressão, ética, transparência, cidadania e democracia.

 

Neste ano, o júri terá sete integrantes: o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim; ministro do TCU, Weder de Oliveira; secretário especial de comunicação social da Presidência da República, Márcio de Freitas; presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana; diretora jurídica do CNA/SENAR, Eliziane Carvalho; coordenador do curso de comunicação do UniCEUB, Bruno Nalon, e a coordenadora do curso de comunicação social do IESB, Daniela Goulart.

 

“As notícias de Brasília correspondem a mais de 90% do noticiário nacional, o que exige dos profissionais e empresas mais comprometimento, seriedade e precisão. Esse esforço tem que ser reconhecido”, avalia a presidente do Prêmio Engenho, jornalista Kátia Cubel.

 

Em 2008 a premiação passou a integrar o calendário oficial de eventos da capital com a sanção da Lei Nº 4.231.

 

Desde sua primeira edição, o evento acontece anualmente graças ao apoio de empresas e organizações que acreditam nos valores da premiação. A 14ª edição terá os seguintes patrocinadores:

 

  • CNA/SENAR;
  • CAIXA ECONÔMICA FEDERAL;
  • SOUZA CRUZ;
  • CNC/FECOMÉRCIO-DF;
  • SWEET CAKE;
  • HPLUS;
  • DIGITRACK.

Além disso conta com o apoio institucional da Embaixada de Portugal, do sistema Cofeci-Creci e do Instituto Palavra Aberta

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.