Por que na China o Ano Novo só começa em fevereiro?

Este será o "Ano do Dragão", segundo o calendário lunar chinês, que tem tradição milenar

A China e alguns países asiático, como Vietnã, Camboja, Malásia e Singapura seguem o calendário lunar, uma tradição milenar. Ele se baseado nos 12 ciclos da lua.

Esse calendário que é chamado de chinês, o ano tem cerca de 354 dias de duração e, a cada três anos, é adicionado um 13º mês para diminuir a defasagem com o ano trópico de 365 dias. Por isso, as datas são móveis, mudando a cada ano.

O próximo ano será 4722 e terá início em 10 de fevereiro de 2024. Ele só acaba em 28 de janeiro de 2025.

Os países ocidentais, como o Brasil, seguem o calendário gregoriano, com base na rotação da Terra ao redor do sol. Ele estabelece uma data fixa, 1 de janeiro, para a mudança do ano. Como ele também precisa de correções, a cada quatro anos é necessário acrescentar um dia. Por isso, em 2024, que é bissexto, teremos 366 dias.

É preciso destacar que a China e outros países asiáticos também usam o calendário gregoriano para fins civis, sem abandonar as festividades estabelecidas pelo calendário tradicional.

Tradições

Segundo o site do Ibrachina, o ano-novo é um dos eventos mais importantes da China. As festividades têm duração de sete dias. Contudo, as celebrações podem se estendem até o 15° dia do primeiro mês do calendário lunar, quando acontece o tradicional Festival das Lanternas, marcando a primeira lua cheia do ano.

As tradições incluem jantar em família e distribuição de envelopes vermelhos com “dinheiro da sorte” para os mais velhos e as crianças. Como os brasileiros, os chineses passam a noite acordados aguardando a chegada do ano novo. No outro dia, presta-se homenagens aos antepassados e aos membros mais velhos da família.

Entre as tradições mais comum dos festejos está a Dança do Dragão e do Leão, que tem o objetivo de trazer boa sorte e prosperidade no ano vindouro. Além disso, usa-se muitos fogos de artifício, que são uma invenção chinesa.

Animais regem os anos

Cada ano do calendário na China é regido por um dos 12 animais do horóscopo chinês, que possuem características específicas. Eles formam um ciclo de 12 anos, seguindo a ordem: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cachorro e porco.

Em cada ano, as características podem se sobressaírem, além da denominação de um elemento, que são: Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água.  Tanto os animais quantos os elementos oferecem características próprias ao ano que regem.

Por exemplo, 2024 será o ano do dragão de madeira, que sinaliza a nobreza, ligada a elementos positivos, carregando, por exemplo, poder imperial, boa sorte, fortuna e proteção.

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.