Por ocasião da semana do cerrado e da diplomacia climática,embaixador da Bélgica organiza eventos em Brasília

POR OCASIÃO DA SEMANA DO CERRADO, E DAS SEMANAS DA DIPLOMACIA CLIMÁTICA, O EMBAIXADOR DA BÉLGICA ORGANIZA O LANÇAMENTO OFICIAL DO DOCUMENTÁRIO “PÉ NA TERRA” DA REALIZADORA BELGA LOUISE AMAND, SEGUIDO DE UMA MESA REDONDA E UMA RECEPÇÃO, ALÉM DE UMA TARDE EDUCATIVA, PARA UM PÚBLICO JOVEM, VOLTADA PARA A VALORIZAÇÃO, O RESPEITO E A PRESERVAÇÃO DO BIOMA CERRADO. 

O Cerrado, considerado a savana mais rica do mundo e o bioma mais antigo do Brasil (+/- 65 milhões de anos), possui 5% da biodiversidade mundial e 20 mil nascentes que irrigam oito das doze regiões hidrográficas brasileiras, também é chamado de caixa d’água do Brasil. O Cerrado abrange cerca de 20% do território brasileiro, composto principalmente por ecossistemas de savanas tropicais, onde encontra-se uma fauna exuberante e uma flora delicada. No entanto, o coração dessa savana brasileira está morrendo, a metade da vegetação original foi desmatada para tornar-se terra agrícola. Surge então uma dúvida: é possível produzir alimentos saudáveis enquanto regeneram-se os ecossistemas? Parece uma visão utópica, todavia já é real. 

Profundamente humano, o filme “Pé na Terra” – que será lançado na embaixada, seguido de uma mesa redonda(restrita para convidados)- entra na intimidade dos agricultores que já fizeram a transição para a agroecologia. Com eles, descobrimos seus desafios, sua coragem e suas paixões: reflorestar e produzir alimentos. Um produtor convencional de soja representa o modelo dominante, embora uma minoria começa a ter consciência dos limites de seu sistema produtivo. Esse documentário quer inspirar agricultores e agricultoras a lançarem-se na agroecologia e, ainda, mostrar que o consumidor também pode se comprometer com esta transição ao adquirir produtos frescos, orgânicos e oriundos de circuitos curtos. 

Para sensibilizar um público jovem e incentivar a reflexão, a Embaixada da Bélgica, em parceria com a SEMA-DF, e instituições especializadas nessa área, organizará – no dia 11 de setembro, Dia Nacional do Cerrado – uma tarde educativa e lúdica, convidando diferentes escolas do DF, com intuito de descobrir como valorizar, respeitar e preservar o bioma Cerrado. 

Acontecerão também outros eventos educativos  restritos a convidados na sede da embaixada em Brasília.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.