O Site Brasilia in Foco visita a China e traz dicas de visita a Pequim

Beijing ou Pequim, cidade com uma história de três mil anos, é conhecida mundialmente por sua cultura esplêndida e por ser a capital do país mais populoso do mundo; a China! Hoje, esta antiga capital chinesa se apresenta ao mundo com uma imagem moderna , com prédios enormes por todos os lados, uma infra estrutura de causar inveja e muitos pontos históricos pra conhecer.  A antiga cidade de Beijing era dividida por um eixo vertical de 7,8 km. Atualmente, o eixo de Beijing é considerado uma “linha cultural” da cidade. Formado na dinastia Yuan e desenvolvido nas dinastias Ming e Qing, o eixo vertical corta a cidade em partes simétricas. A forma é considerada pelos chineses um símbolo de ordem e de classificação social. Ele representa também o conceito de imparcialidade na cultura chinesa.

Ao longo do eixo vertical, os turistas podem encontrar muitos patrimônios culturais: a Cidade Proibida, o Parque Jingshan, o Templo do Céu, entre outros.

Depois que a cidade foi escolhida como anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2008, o governo construiu complexos esportivos  entre eles, o estádio “Ninho do Pássaro”, na parte leste, o Cubo Aquático, ao oeste, e o Parque Olímpico ao norte do eixo.

Hoje em dia, a arquitetura moderna está cada vez mais presente na capital.

Além de ser uma cidade com milhares de anos de história, Beijing é também uma metrópole com muito a oferecer: Grande Teatro Nacional, Estádio Nacional “Ninho de Pássaro”, Centro Aquático Nacional “Cubo Aquático”, zona artística 798, Museu de Arte “Red Brick” e também as zonas comercias, Sanlitun, Qianmen e The Place, entre outros. Nesses lugares, você pode encontrar shoppings com marcas luxuosas, restaurantes e lojas que vendem especialidades locais.

Beijing sediou com sucesso os Jogos Olímpicos em 2008. Desde então, o Estádio Nacional “Ninho de Pássaro” e o Centro Aquático Nacional “Cubo Aquático” se tornaram um novo cartão de visita da cidade. O apelido Ninho de Pássaro vem pelas estruturas expostas de ferro e aço que se cruzam, semelhantes a um ninho. O estádio recebeu, além das cerimônias de abertura e encerramento, as provas de atletismo e a final do futebol. Em outubro de 2014, também acolheu o Superclássico das Américas, entre Brasil e Argentina.

Ao lado do estádio, se localiza o Centro Nacional de Natação. A construção é composta por muitas bolhas azuis em forma de cubo. Ao olhar para cima, a sensação de quem entra no Centro Aquático Nacional é de estar debaixo d’água. Revestido por três mil gigantescas bolhas de plástico translúcidas e ultra resistentes, o centro foi construído para sediar competições da Olimpíada de Beijing. À noite, seu sistema de iluminação é capaz de emitir 16 milhões de tonalidades de cores, o que faz com que o grande cubo, sozinho, vire um espetáculo.

Inaugurado em 2007 com capacidade para 5452 pessoas sentadas, o Grande Teatro Nacional é a maior casa de ópera em Beijing. A estrutura consiste em uma grande cúpula de titânio que parece estar cortada ao meio e rodeada por um lago artificial. A obra foi idealizada com o objetivo principal de contrastar com as construções antigas ao seu redor.

Sanlitun é um dos lugares em Beijing que atraem mais pessoas durante a noite.Os bares, restaurantes e shoppings ficam lotados, especialmente nos fins-de-semana. Pequim não dorme!

Em Pequim também existem passeios culturais maravilhosos sem custo algum para os turistas. O Museu da Agricultura e o Museu da Capital são duas dicas , que não custam nada!o primeiro conta através de imagens e bonecos de cera a história da China e a importância da agricultura e sua evolução, os bonecos parecem  humanos reais e é muito interessante( fotos na galeria).                        A grande Muralha:  A grande muralha foi construída no período dos estados combatentes, para proteger os estados e impérios chineses contra as invasões dos vários grupos nômades. Possui 21 mil km de extensão e é considerada um dos patrimônios da humanidade tombados pela UNESCO, sem dúvida é um verdadeiro espetáculo visual e vale muito a pena o passeio! Ja as compras de produtos chineses e também as famosas réplicas de bolsas, sapatos, tênis, lenços e roupas de seda,  sugerimos uma passada pelo Silk Market, o Mercado da Seda, mas tenha paciência e peca descontos no preço pois o preço inicial é surreal, se te pedirem 4 Mil ofereça 400 e veja o que acontece! Vale lembrar que a mega cidade é limpa, segura e organizada, e o metrô também é fácil de usar, apesar de estar lotado na maior parte do tempo !


Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.