Candidata do DF vence o Miss Brasil Globo 2017

Aconteceu ontem(03)no Hotel Nacional, na cidade de Brasília, o concurso Miss Brasil Globo 2017, O concurso é uma tradição anual organizada por Danilo D avila e contou com 26  representantes de estados brasileiros.

A presença do Corpo diplomático também foi expressiva, entre o público presente e alguns jurados estavam o Embaixador do Marrocos, Embaixador do Chipre, Embaixatriz de Camarões, Embaixatriz da Jordânia, Embaixador do Peru, Embaixador do Iraque, Embaixador da Palestina, Ministro da Ìndia,Representante da Embaixada da Alemanha, Embaixador da Servia, Embaixador da Bielorussia, Embaixador da Tunísia, Embaixador do Egito,  Embaixador da Síria, Embaixador dos Emirados Árabes, Embaixador do Sri lanka. Estavam  no evento também  Senadores, Governadores e Deputados Federais.

O desfile ocorreu de forma bem organizada e as candidatas se apresentaram em trajes típicos,  maiô , traje de gala e fizeram também uma coreografia cantando e dançando. Cantores e dançarinos locais  fizeram apresentações  artísticas. O Distrito Federal foi  o  vencedor representado por Mariana Fernandes, 20 anos. Modelo desde os 14, a moradora de Ceilândia conta que, no início da carreira, precisou superar a resistência do pai. “Era muito jovem e ele sempre dizia que eu precisava estudar. Tinha medo que eu ficasse prejudicada”, relata. Hoje, como vencedora de  um concurso nacional, ela conquistou o apoio e a confiança da família. O Segundo lugar ficou com a Jovem do Paraná. O melhor traje típico foi da Miss Amazonas e o Miss Fotogênia com a Miss Minas Gerais. Algumas representes de Goiás e misses mirins também alegraram o ambiente com seus desfiles.

Fotos: facebook do evento Miss Brasil  2017

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.