Ministro Osmar Terra e Embaixador Akira Yamada, assinam memorandos de cooperação.

Tóquio 2020 – o intercâmbio esportivo Japão-Brasil

O encontro marca a oficialização de novos projetos entre os dois países e traz a Brasília o espírito do maior evento esportivo da história.

Embaixador Akira yamada e Ministro Osmar Terra. Foto: Fabiana Ceyhan- Brasilia In Foco

Na contagem regressiva para a abertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, Brasil e Japão estão reforçando ainda mais seus laços de amizade por meio do esporte. Em conjunto com o Ministério da Cidadania e a Secretaria Especial do Esporte, a Embaixada do Japão realizou hoje, 10 de fevereiro, o evento Tóquio 2020 – O intercâmbio esportivo Japão-Brasil.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, e o secretário Especial do Esporte, Décio Brasil assinaram dois memorandos de cooperação entre o Japão e o Brasil. O primeiro tem o objetivo de fortalecer a contribuição esportiva entre os dois países, e o segundo é voltado à promoção do ensino do judô nas escolas brasileiras. O evento contou também com a presença do embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada.


Também foram realizadas apresentações das atividades da difusão de judô por Yuko Fujii, técnica da seleção brasileira de judô masculino, e por Matheus Theotonio da Silva, gestor técnico nacional e de eventos da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).u
Entre os convidados estavam a senadora Leira Barros, ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei feminino e medalhista olímpica. A programação também incluiu uma demonstração de caratê, esporte japonês que faz sua estreia olímpica nos Jogos de Tóquio 2020, além da divulgação de detalhes do planejamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio e das cidades japonesas que serão anfitriãs da competição. O evento contou com lotação de público.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.