Malta vai assumir presidência rotativa da OSCE em 2024

Decisão foi aceita pelos 57 países membros

Malta assumirá a presidência rotativa da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) em 2024. A decisão foi aceita pelos 57 países membros O primeiro-ministro maltês saudou o acordo e a ratificação ocorrerá em uma reunião na Macedônia do Norte.

A OSCE é uma organização de países do Ocidente voltada para a promoção da democracia e direitos humanos.

“Obrigado, Malta, pela sua disponibilidade em assumir este papel vital e a todos os colegas pela sua flexibilidade e apoio”, escreveu Bujar Osmani, ministro das Relações Exteriores da Macedônia do Norte, que ocupa a presidência do órgão até o final de 2023.

O primeiro-ministro maltês, Robert Abela, presente em Viena, onde está sediada a OSCE, saudou o acordo. Em sua conta oficial nas redes sociais ele escreveu “Encontrei-me com a secretária-geral da OSCE, Helga Schmid, em Viena, quando recebemos uma recomendação unânime para a aprovação formal de Malta para presidir a OSCE em 2024. O nosso compromisso de ser uma voz confiável para a paz e segurança em fóruns internacionais permanece inabalável”.

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.