Governo do Japão doará U$ 80.833 para melhorias no Centro Assistencial de Educação em Brazlândia

Governo do Japão doará U$ 80.833 para melhorias no Centro Assistencial de Educação em Brazlândia

A Embaixada do Japão no Brasil, através do Programa de Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana (APC) do governo do Japão, fará uma doação no valor máximo de U$ 80.833 dólares americanos à Congregação Irmãs Oblatas do Menino Jesus para a execução doProjeto de Ampliação ao Centro Assistencial de Educação em Brazlândia do Distrito Federal.

No dia 7 de março (quarta-feira), às 16h, será firmada a assinatura do contrato de doação na sede da entidade, sendo o ato representado pelo Embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, e a presidente da entidade, Irmã Sueli de Fátima Tavares. O objetivo do projeto é construir uma nova cozinha para o Jardim de Infância Menino Jesus e aproveitar o espaço da atual cozinha para a realização de obras sociais com as crianças e os jovens da cidade de Brazlândia.

A Congregação das Irmãs Oblatas do Menino Jesus em Brazlândia atua desde 1976 oferecendo espaços para ações protetivas, com enfoque no fortalecimento dos vínculos familiares e no desenvolvimento de ações com ênfase nas atividades que apresentem diferentes formas de estimulação, socialização, da convivência e do brincar.

O APC é um programa do governo japonês, que teve início no Brasil em 1999. O programa vem auxiliando nas áreas que priorizam benefícios diretos às comunidades locais, tais como assistência médica (construção, reforma de hospitais, aquisição de equipamentos médicos, etc.), educação (construção, reforma, aquisição de materiais, etc., para estabelecimentos de ensino fundamental, instituições de qualificação profissional, etc.), assistência social (construção, reforma, aquisição de materiais, etc., para creches, asilos, instituições que oferecem assistência a pessoas com necessidades especiais, etc).

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.