Falta apenas um dia para a Feira das Embaixadas em Brasília! mais de 85 países confirmados!

13.ª FEIRA INTERNACIONAL DAS EMBAIXADAS EM BRASÍLIA!

 

 

A  13ª Feira das Embaixadas já está chegando. Com mais 85 países participando, essa edição da Feira promete ser ainda mais linda e concorrida que as anteriores.  Estamos ansiosos para receber todo o público e a imprensa! O mundo se encontrará em Brasília. Atrações, comidas típicas, artesanato, roupas, gastronomia da Àfrica, da Europa, da América do sul, da América central, Àsia, e muito mais. Muitos países oferecerão degustação, como o vinho sul- africano ,o café e o rum da Nicarágua. A Guatemala também oferecerá café, e muitas outras surpresas que você precisa ver e sentir de perto. A diversidade se une á diversão no dia 10 de novembro. A União Européia apresentará atividades relacionadas aos direitos humanos. Dança e comida árabe não irão faltar. Brindes, rifa com prêmios incríveis e muitas outras atrações vão fazer deste sábado uma data inesquecível. È impossível descrever tudo aqui! Venha ver de perto! O evento, que é uma iniciativa do Grupo de Cônjuges e Chefes de Missão (GCCM), com apoio do GDF e é construído nos pilares da economia colaborativa, conta também com o apoio de empresas da iniciativa privada, sem as quais a feira não poderia tornar-se realidade. È muito importante destacar que todo o dinheiro arrecadado é revertido para os projetos apoiados pelo GCCM. Os projetos sociais apoiados pelo GCCM podem ser conferidos no site www.gccm.org.br/projetos-sociais.  

SERVIÇO:
13ª Edição da Feira das Embaixadas
Data: 10 de novembro (sábado)
Horário: de 10h às 19h
Onde: EXPOBRASÍLIA (Parque da Cidade)
Entrada: R$ 10 adulto, R$ 5 criança (de 5 a 12 anos)
Assessoria de Imprensa :
Fabiana Ceyhan
Eduarda sahlit

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.