Entrevista sobre Turismo no Egito com o embaixador Wael Aboulmagd

Entrevista concedida á jornalista Fabiana Ceyhan, em Inglês e traduzida para o português.

Obrigada embaixador, por nos receber na Embaixada do Egito no Brasil.

Fabiana: Então, quando o senhor acha que o Egito vai abrir para turistas

Embaixador: Bem, a boa notícia é que o Egito está 100% aberto ao turismo agora. Tenho amigos brasileiros que vão viajar na próxima semana. Mas há restrições é claro, em relação a pandemia no país, uso de máscaras e medidas sanitárias . Todos os hotéis estão abertos e funcionando. Assim como todos os estabelecimentos, nunca fechamos os aeroportos e hoje está tudo funcionando. Muitos resorts estão tendo uma boa ocupação, os egípcios estão ocupando os hotéis, mas também o turismo estrangeiro está, de fato, aumentando um pouco com o avanço do processo de vacinação. Mas os dois grandes eventos que vão acontecer são; o novo vôo da Egypt Air, de São Paulo para o Cairo e a inauguração do grande Museu.

Fabiana : O senhor pode falar sobre os novos museus e o novo vôo do Brasil para o Cairo (direto)

Embaixador: O antigo Museu Egípcio, que ficava na Praça Tahrir, que é o centro do Cairo. E um novo museu na parte velha da cidade é um museu relativamente novo para o qual eles se mudaram. Mas aquele de que estamos falando agora é um mega museu, um terceiro que vai abrir e vai ter um grande evento com dignitários de todo o mundo que vai acontecer ainda no segundo semestre deste ano.Não temos a data certa, é um evento muito esperado e queremos que a inauguração seja um sucesso.

A construção está concluída. Eu vi as fotos. Pode haver alguns retoques finais, mas o projeto está praticamente concluído. Além disso sobre a EgyptAir, que você questionou, entre Egito e Brasil, apenas uma pequena parte de um acordo que deve ser finalizado, uma isenção de tributação para evitar a bitributação em vôos e Tráfego Aéreo. Então isso não é um grande problema. Estamos finalizando isso e assim que assinarmos os requisitos legais poderemos prosseguir com o lançamento com o vôo entre os dois países.

Egito transporta múmias reais de um museu ao outro em grande evento. Assista o vídeo no You Tube.

Fabiana: Quantas horas você acha que será a duração deste voo de São Paulo ao Cairo

Embaixador: Não sei oficialmente, mas perguntei a um amigo que é piloto e ele disse que deve demorar cerca de 10 horas e meia, talvez 11 horas. A Egypt air está amplamente conectada em toda a África e Europa porque somos um membro da Star Alliance, então a cidade do Cairo pode ser um novo hub. Além disso, pode ser um novo centro para quem quer ir para a África, Eu acredito que isso vai ser um grande impulso em várias áreas e fomentar negócios também.


Fabiana: O Senhor poderia nos dizer quando será inaugurado este Vôo

Embaixador: Pelo que eu sei do lado técnico, a EgyptAir está pronta e o comercial também está pronto, mas eles não podem começar isso antes de assinarmos este pequeno acordo que acabei de mencionar. Porque a Egypt air está voando normalmente. Temos o voo para New York funcionando , Toronto também , muitos dos passageiros, não são apenas turistas. Existem um grande número de egípcios no Canadá, por exemplo, e eles vêm e vão. No Canadá e nos Estados Unidos, temos um número muito grande de cidadãos egípcios de segunda geração que usam esses vôos.

Fabiana: Que bom saber que o Egito está aberto para viagens agora, mas o que os brasileiros precisam para ir?

Embaixador: As pessoas só precisam de um teste Covid (PCR) para entrar no país, e os brasileiros conseguem um visto na chegada ao aeroporto. Sobre a pandemia, eu fico feliz por não termos sido tão atingidos como muitos outros países. Obviamente temos problemas, mas não é tão ruim quanto vemos em outros países. Tínhamos algumas restrições em vigor por um período de tempo no ano passado, no verão. Mas agora está relativamente sob controle. Há internações e tudo, mas parece que está sob um controle razoável. E com a vacina, aos poucos, estaremos onde queremos, mas há precauções ,claro que existem requisitos como o uso máscaras e distanciamento social nos hotéis e nos locais públicos, nos restaurantes, essas precauções valem também em todos os resorts e até mesmo nas cidades resorts fora do Cairo. Temos muitos hotéis e resorts à beira-mar. Então é um pouco mais fácil para os turistas, são locais com um número mais restrito de pessoas.

Fabiana: Então eu acho que o turismo vai aumentar muito quando esse vôo começar porque os brasileiros, já gostam de viajar

Embaixador: vai ser muito mais fácil, como dissemos, com a companhia aérea e esse Voo direto.

Fabiana: E outra pergunta, embaixador, se eu quiser ir ao Egito, quero dizer, eu e os outros passageiros, só para dar um exemplo a eles. O que o senhor recomenda? Porque eu sei que algumas pessoas vão ao Egito para ver as pirâmides, para ver a história antiga. Mas também há bons resorts à beira-mar. Podemos ver isso? em apenas uma viagem ?

Embaixador: Sim. Mas, para ser justo, acho que menos do que uma semana não é suficiente. È preciso visitar os arredores do Cairo, essa é uma área. Você tem a antiga civilização egípcia entre cinco, seis mil anos e depois a grega ou romana. O antigo Egito, parte dele está no Cairo, mas a maioria está no sul , onde você pode pegar um vôo para conhecer.

Fabiana: Que lugares para visitar e quantos dias ficar?

Embaixador:

Seria injusto ficar menos de quatro dias em cada lugar, como mencionei, temos a região do Mar Vermelho, que é muito legal. Cairo três, quatro dias. Um resort, três, quatro dias, e quando você for para o sul, também levará mais alguns dias. Todo mundo tem que fazer isso porque você tem duas cidades principais que têm toda a grande maioria de nossas antiguidades nessas cidades do sul. Temos também o que chamamos de cruzeiro noturno. É um cruzeiro no rio, com animação, refeições e tudo. E você vai de uma cidade a outra, é um belo passeio e você poderá ver o quão belo e sereno é navegar pelas aguas do rio Nilo, é possível ver as antiguidades e os tesouros que estão no sul. Portanto, 10 dias é o mínimo para visitar o Egito.

Fabiana: O queo senhor recomenda para eles e qual é a melhor época para fazer turismo no Egito

Embaixador: A alta temporada no Egito seria setembro, outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março. São meses bons para a viagem. O clima é parecido com o clima de Brasília nesses meses que mencionei, Você sabe, os dias são lindos e ensolarados por volta dos 20 graus, mas nossos verões são muito quentes, então a temperatura é 35 e 36 normalmente , no entanto, você conseguirá preços mais baratos se decidir ir no verão. E nós temos Alexandria, que também é um lugar muito interessante.

Fabiana: Alexandria, eu ia falar sobre essa cidade. Como fazer para visitar. O Senhor recomenda alugar um carro?

Sim. Você pode alugar um carro e pensar em um carro com motorista , seria bom passar por uma agência de viagens se você tiver problemas com o idioma, pois se você falar apenas português vai ser difícil se comunicar, mas se você falar inglês não terá nenhum problema. O inglês é falado em muitos lugares, táxis, hotéis, restaurantes. Existem também vôos domésticos que podem levar o turista a várias cidades.Alexandria fica cerca de 200km da cidade do Cairo.

Embaixador do Egito no Brasil, Wael Aboulmagd

O site www.brasiliainfoco.com agradece o embaixador, Wael Aboulmagd pela carinhosa recepção na sede da Embaixada do Egito no Brasil e pela informações.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.