Embaixadora da Espanha, Maria del Mar Fernández-Palacios, entrega Prêmio Espanha Reconhece

Cerimônia foi realizada na embaixada da Espanha e reconheceu o trabalho de mulheres que trabalham no campo

A Embaixada da Espanha realizou, nesta quinta (19), a entrega do Prêmio “Mulheres Rurais – Espanha Reconhece”. Foi a segundo edição da premiação, que este ano recebeu mais de 200 projetos de coletivos formados por mulheres rurais de todas as regiões do País.

O reconhecimento busca visibilizar o papel das mulheres na transformação dos sistemas agroalimentares e o trabalho de cuidado.

A embaixadora Maria del Mar Fernández-Palacios, entregou o prêmio de 1º primeiro lugar à Rede Energia das Mulheres da Terra, formada por um coletivo de Goiás.

Em sua fala, a diplomata explicou que a Espanha está firmemente comprometida com a participação das mulheres na vida política, econômica e social, igualdade de condições.

Disse ainda que a ação da embaixada está em sintonia com a Agenda 2030 das Nações Unidas e mostra os trabalhos desenvolvidos pelas mulheres brasileiras na busca de alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis.

Os outros prêmios foram entregues pelos representantes das instituições envolvidas na organização: Gabriel Delgado, do IICA; Anastasia Divinskaya, da ONU Mulheres; Rafael Zavala, da FAO, e Leonardo Barchini, da OEI.

Além do coletivo de Goiás, foi premiado com o 2º lugar o projeto desenvolvido pela Cooperativa de Mulheres Produtoras da Pesca Artesanal e de Plantas Nativas, na região dos Lagos no Rio de Janeiro. A terceira posição ficou com a Rede de Mulheres Mães do Mangue do litoral do Pará.

Sobre o prêmio

O objetivo da iniciativa “Espanha Reconhece” é fortalecer o protagonismo feminino na agricultura e nos sistemas agroalimentares locais, na geração de renda, proteção do meio ambiente e mitigação das mudanças climáticas, além de valorizar o trabalho das mulheres no que tange às tarefas de cuidado com a família e comunidade e no fomento à formação de novas lideranças femininas. O tema prioritário desta segunda edição do prêmio buscou visibilizar o papel das mulheres na transformação dos sistemas agroalimentares.

Nesta segunda edição, a premiação conta com o apoio de parceiros como o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o de Agricultura Familiar, o Ministério das Mulheres, o Ministério da Pesca e Aquicultura, o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, a Organização dos Estados Iberoamericanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), o Serviço Social do Comércio (SESC – Departamento Nacional), a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (ASBRAER), e o RURAL Commerce.

O Prêmio é patrocinado pelas empresas espanholas Acciona, ACESUR, Agrícola Famosa, CMR fruits, Indra e Mapfre.

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.