Embaixador do Irã destaca papel do Brasil na alimentação do país em reunião com Aécio Neves

O Embaixador do Irã no Brasil, Houssein Gharibi, destacou nesta sexta-feira, 23, o papel do Brasil na exportação de alimentos para o seu país e se disse confiante na retomada do acordo nuclear firmado com os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha. Ele se reuniu virtualmente com o presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, Aécio Neves (PSDB-MG), e o seu 1º Vice-Presidente, deputado Rubens Bueno (CIDADANIA-PR), com os quais discutiu temas da agenda bilateral e global. Segundo ele, “através dessa relação (com o Brasil), provemos alimentos para a nossa população”.

“Considero as relações do Brasil com o Irã uma das mais importantes e estratégicas para o país e, no que depender dessa nova fase da nossa política externa, tudo faremos para fortalecer ainda mais essas relações em todas as áreas”, defendeu Aécio Neves. Atualmente, o comércio bilateral está na casa dos US$ 5 bilhões, mas a pretensão de Teerã é dobrá-lo, chegando aos US$ 10 bilhões. Para o presidente da CREDN isso não só é possível como desejável.

“Temos um comércio que já é relevante e com saldo favorável ao Brasil, mas podemos ampliá-lo e diversificá-lo, sobretudo com uma pauta mais industrial, que contemple produtos com alto valor agregado como aviões e caminhões, implementos agrícolas, equipamentos médico-hospitalares, medicamentos, ônibus urbanos, serviços de engenharia, entre outros”, defendeu o deputado. Rubens Bueno reiterou a importância do apoio da CREDN para que o comércio bilateral seja “mais ativo e sustentável”.

Sanções

Aécio Neves também manifestou preocupação com as sanções aplicadas ao Irã. Na sua avaliação, essas sanções podem ser paulatinamente retiradas com a retomada do acordo nuclear, “o que propiciará uma evolução ainda maior do nosso comércio bilateral”, afirmou. De acordo com o Embaixador iraniano, são mais de 1.500 sanções ilegais impostas contra o seu país. No entanto, ele revelou que Teerã vê com bons olhos a disposição dos EUA em retornar ao acordo nuclear e assegurou que o Irã está preparado para cumprir com todos os requisitos negociados.

“O presidente Joe Biden afirmou, quando de sua eleição, que retiraria as sanções. Começamos a conversar em Viena e, nas próximas semanas, retornaremos às negociações. Há um sentimento mútuo das delegações de que será possível alcançar um entendimento”, assegurou Houssein Gharibi.

Aécio Neves manifestou o interesse da CREDN em organizar uma visita parlamentar ao Irã logo que as condições sanitárias permitirem e assegurou que, durante a sua gestão, “equilíbrio e equidistância” serão a tônica da Comissão em relação a conflitos regionais.

Fonte: CREDN

Foto: TV Comunitaria DF

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.