Embaixador Do Bah Khoa, recebe medalha da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul

O Embaixador do Vietnã no Brasil, Do Bah khoa termina a sua missão no Brasil este mês de janeiro. O Embaixador é muito respeitado e querido por toda a imprensa que teve contato e pelo circulo diplomático em Brasília e foi condecorado pouco antes de sua partida pelo Governo Brasileiro com a medalha Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul.

Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul

Enquanto a Ordem Imperial do Cruzeiro se destinava a dignitários brasileiros e estrangeiros, a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul ficou restringida a personalidades estrangeiras. Sua concessão dá-se por decreto presidencial, configurando-se em ato de relações exteriores. É a mais alta condecoração brasileira atribuída a cidadãos estrangeiros.

A Ordem compreende os seguintes graus: Grande Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.

“A insígnia da Ordem é uma estrela de cinco braços esmaltados de branco e orlados de prata dourada, assentada sobre uma coroa e encimada por uma grinalda, ambas feitas de folhas de fumo e café, tendo, no centro, em campo azul celeste, a constelação do Cruzeiro do Sul, esmaltada de branco e, na circunferência, em círculo azul ferrete, a legenda “Benemerentium Premium”, em ouro polido. No reverso a efígie da República, em ouro com a legenda “República Federativa do Brasil” (Art. 2º do Regulamento).

O Conselho da Ordem é integrado pelo Presidente da República, pelos Ministros de Estado das Relações Exteriores, da Defesa e pelo Secretário-Geral das Relações Exteriores. O Presidente da República e o Ministro de Estado das Relações Exteriores são, respectivamente, o Grão-Mestre e o Chanceler da Ordem. O Chefe do Cerimonial do Ministério das Relações Exteriores é o Secretário da Ordem. 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.