Embaixada do Japão no Brasil comemora o entronamento do Príncipe Herdeiro Naruhito em um jantar na residência oficial

No dia 30 de abril, Sua Majestade o Imperador Akihito abdicou do trono do Japão, deixando o título para Sua Alteza o Príncipe Herdeiro Naruhito, que assumiu em 1º de maio. A transição  será comemorada pela população japonesa em 4 de maio, quando ocorre a visita congratulatória ao Palácio Imperial, um evento no qual a família real recebe felicitações dos cidadãos do país.

A ocasião histórica será celebrada também pelas embaixadas, consulados gerais e representações diplomáticas fora do Japão.  Em Brasília, a Embaixada do Japão no Brasil realizou no dia 02 de maio uma recepção em comemoração à entronização da Sua Majestade o Novo Imperador o, na Residência Oficial do embaixador.

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, recebeu cerca de 100 convidados, entre representantes dos governos Federal e Distrital, integrantes de associações nipo-brasileiras, cidadãos condecorados pelo governo japonês, residentes japoneses em Brasília e membros da imprensa.

Durante o evento, foi  realizada uma cerimônia conduzida pelo embaixador seguida de um brinde em homenagem a Sua Alteza Imperial, e em logo após a solenidade os convidados puderam  desfrutar de um jantar preparado sob o comando do chef oficial da residência.

Um Brinde a nova era imperial:

No Mês de abril , o governo do Japão anunciou que, de acordo com uma decisão tomada em uma reunião ministerial, a nova era imperial do país será chamada “Reiwa”. O nome, selecionado diante da abdicação de Sua Majestade o Imperador e da entronização do Príncipe Herdeiro, será usado no calendário do país, que é historicamente ligado ao reinado de cada imperador.
O novo nome será adotado a partir do dia 1o de maio, data na qual o Príncipe Herdeiro Naruhito será coroado e tem início a nova era imperial. O nome “Reiwa” é formado por dois ideogramas: “Rei”, que significa “belo(a)”, e “wa”, que quer dizer “harmonia”. Dessa forma, “Reiwa” representa que “a cultura surge e cresce quando as pessoas unem seus corações”. É a primeira vez na história que o nome de uma era do país tem como fonte documentos japoneses. O nome é citado em um trecho da publicação Manyoshu, a mais antiga coleção de poesia japonesa, compilada há mais de 1.200 anos.

 

Culinária japonesa servida no jantar:

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.