Data Nacional da China- 69 anos de fundação da República Popular da China 1949-2018

A China comemorou ontem os 69 anos de fundação da República Popular . O evento realizado em Brasília, foi organizado pela embaixada do país e aconteceu no teatro Pedro Calmon, no Setor Militar Urbano. Após um coquetel  aconteceu a apresentação da Orquestra Snfônica de Zhejiang  que veio da China exclusivamente para este evento, em parceria também com a Orquestra Sinfônica de Brasília. Várias autoridades brasileiras e internacionais estavam presentes e o embaixador chinês Li Jinzhang,  agradeceu ao General  Villas Boas pelo apoio na organização. O General assistiu ao evento na primeira fileira.

O Ministro interino do Turismo Alberto Alves também discursou e falou do grande número de turistas chineses que o Brasil recebe  e  mencionou a importante cooperação bilateral entre Brasil e China a cultura milenar  chinesa que também deve ser conhecida e explorada por brasileiros.

A Representante do Governo Federal , Maria Dulce Barros, subsecretária geral das comunidades brasileiras e de assuntos Consulares e Jurídicos do Itamaraty falou da grande importância entre as relações dos países . Após a apresentação da orquestra  foi servido um jantar e estima-se que cerca de  1.500 pessoas estiveram presentes no evento.

             

Conhecida como a Semana de Ouro Chinesa :

A proclamação da República Popular da China marcou o fim da Guerra Civil Chinesa entre nacionalistas, representados pelo movimento republicano Kuomintang, e comunistas, representados pelo Partido Comunista Chinês. Apesar de remontar ao início do século XX, o conflito entre as duas forças políticas do país se acirrou ao final da Segunda Guerra Mundial, período em que mantiveram uma difícil trégua com o objetivo de enfrentar um inimigo em comum: a invasão japonesa. Após anos de guerrilha, os comunistas expulsaram o Kuomintang para a ilha de Taiwan e criaram o novo governo na China, liderado por Mao Tse-tung, com sua filosofia política estadista que ficou refletida em seu livro de citações “O livro vermelho”.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.