Crise diplomática entre Reino Unido e Rússia piora depois de inspeçao de aviao russo em Heathrow

A crise diplomática entre o Reino Unido e a Rússia tem um novo capítulo. Moscou exigiu que Londres retire mais 50 diplomatas e funcionários das representações diplomáticas britânicas na sequência do caso Serguei Skripal.

Os russos exigem também uma explicação para o fato de um avião da companhia aérea russa Aeroflot ter sido alvo de buscas no aeroporto londrino de Heathrow.

“Eles apresentaram-se como sendo representantes do governo britânico e que tinham o direito de fazer os que quisessem – que tinham o direito de inspecionar o avião por dentro de por fora, zonas de carga, compartimentos de bagagens, tudo”, disse Vitaly Mitrofanov, piloto da Aeroflot.

Moscou garante que se não houver uma explicação plausível, o Kremlin reserva-se no direito de agir da mesma forma com os aviões da British Airways, isto depois de anunciar a expulsão de uma série de diplomatas de 23 países, que tiveram uma ação simétrica.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.