Comissão de Relações Exteriores e Defesa no Senado debate temas globais

A  Comissão de Relações Exteriores e Defesa,presidida pelo ex Presidente e atual Senador Fernando Collor, apresentou nesta semana vários temas através de seus participantes,incluindo globalização,democracia na União Européia,política e eleições na França,política Interna e externa dos EUA , Donald Trump,Brexit,Inglaterra,desemprego, terrorismo e imigração nos países europeus e a amalgama das visões diferentes de vários grupos  incluindo a  perene crise de representatividade das instituições políticas tradicionais de vários países do globo.Os palestrantes convidados foram o Ex Deputado Federal por MG,Paulo Delgado,O Jovem Professor Mathias Alencastro,doutor pela Universidade de Oxford,o Professor da UNB,Lúcio Renno, doutor em ciência Política pela University of Pittsburg,Alex Canuto,Diretor presidente da Anesp e a Deputada Federal Bruna Furlan.Os Discursos foram enriquecedores e por vezes mostrando diferentes pontos de vista sobre o mesmo tema e apontando caminhos novos da política mundial e sua ruptura com  passado  e novas tendências a começar pela eleição de um ¨ outsider¨ na França.

O Ex deputado e sociologo Paulo Delgado mencionou em sua fala  o fato de Emanuel Macron ser casado com uma mulher mais velha usando a seguinte frase:¨enquanto a maioria dos homens se casam com mulheres mais novas ,surge o macron  casado com uma mulher 24 anos mais velha¨,o deputado também discursou sobre vários aspectos sociais na europa e no mundo,já os outros palestrantes apontaram  as questões de forma mais cientifica, direcionados aos acontecimentos políticos  sobre os temas abordados,alguns com uma visão mais direita e outros com uma  visão mais esquerda,em um contexto globalizado

A presença de vários embaixadores e diplomatas também foi marcante,entre os citados pelo Presidente estavam as seguintes representações internacionais no Brasil:Embaixada da Espanha,Belgica,Cuba,Togo,Angola,Belarussia,Marrocos, Bolívia.O Vice- Presidente da Comissão, o Senador Jorge  Viana, também fez um breve discurso sobre o tema .O presidente Fernando Collor,como Orador nato e Jornalista graduado  fez todas as colocações com maestria e ponderação, falando sempre como um Senador da República representante do País evitando assim discursar de forma política seja ela partidária ou pessoal ¨Estender pontes é o que o Brasil,por exemplo,sempre procurou fazer e sempre fez ,sempre teve uma participação ativa e altiva no cenário internacional no sentido de evitar conflitos¨enfatizou Collor.

Acompanhe a Cobertura desta comissão pelo Brasiliainfoco.com com a internacionalista Sissa Santos e a jornalista Fabiana Ceyhan.

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.