Bolsa de Pesquisa Curatorial: Brasil-Alemanha-França 2019

O Goethe-Institut em parceria com o Instituto Francês do Brasil no Rio de Janeiro convida curadores brasileiros de artes visuais a participar de uma convocatória no âmbito de sua programação cultural 2019/2020. Não há restrições quanto à cidade em que o candidato está baseado no Brasil. Essa chamada pública, portanto, se estende a todas as regiões do país.

O presente edital visa conceder uma oportunidade de pesquisa curatorial na área da arte contemporânea na França e Alemanha. O objetivo central dessa bolsa de pesquisa é possibilitar o intercâmbio de um profissional da curadoria baseado no Brasil e agentes do sistema das artes visuais nos países referidos.

Nessa primeira edição da Bolsa de Pesquisa Curatorial Brasil-Alemanha-França propomos um tema que serve como bússola norteadora das inscrições: Experiências do deslocamento. Partindo do princípio de que se trata de uma bolsa de pesquisa que lida com o ato de se viajar do Brasil à Europa e, além disso, viajar internamente no continente entre Alemanha e França, acreditamos que a noção de deslocamento físico, geográfico e cultural é central. Ela pode ser explorada por meio de pesquisas amplas – da autobiografia à macrohistória, do nacionalismo extremista às comunidades diaspóricas. Certamente, há muitas possibilidades de se engajar com o tema. Viajar sempre se configura como uma experiência de alteridade e esse tópico pode vir a ser explorado da maneira que convir melhor aos projetos inscritos.

Para concorrer ao programa, os candidatos devem enviar um projeto de pesquisa a ser realizado nesses países com justificativa. Não há nenhum roteiro prévio definido pelas instituições organizadoras; é aconselhado que os proponentes pensem as relações entre suas pesquisas como curadores e essa oportunidade. A temporada de viagem pode estar baseada em visitas a instituições, a artistas, a lugares específicos – as escolhas ficam a critério dos candidatos. É importante, portanto, que os candidatos indiquem um roteiro a ser seguido para sua pesquisa no exterior. Profissionais que respondem pelo Goethe-Institut e pelo Instituto Francês do Brasil no Rio de Janeiro auxiliarão com contatos e indicações a partir do roteiro definido pelo candidato selecionado.

O resultado da pesquisa deverá ser apresentado em formato sugerido no decorrer do ano de 2020. Um plano inicial de realização deverá ser anexado à inscrição. Parcerias a serem desenvolvidas entre o candidato e instituições no exterior e no Brasil são bem-vindas.

As instituições oferecem uma bolsa no valor de 5000€, que inclui todas as despesas de viagem intercontinental, locomoção interna, hospedagem e todos outros gastos necessários à realização da fase de pesquisa. O período da pesquisa deve ser determinado pelo candidato, responsável por administrar o uso da bolsa de acordo com seu projeto. A viagem deve ocorrer no segundo semestre de 2019 e o resultado, em forma de relatório, deverá ser apresentado até o dia 15 de dezembro de 2019.

Convidamos os candidatos a pensarem o modo de apresentação de acordo com sua pesquisa e interesse curatoriais; apenas como exemplos, esses podem se configurar desde uma exposição a ser realizada fisicamente em um espaço específico à organização de uma publicação, um seminário e/ou uma programação virtual. Cabe ao curador pensar a forma mais coerente à sua pesquisa e aos seus interesses. O evento resultante da pesquisa deverá ser organizado necessariamente na cidade do Rio de Janeiro. As instituições organizadoras estão dispostas a auxiliar financeiramente, com infraestrutura e/ou divulgação a execução desse evento que deverá ser discutido em etapa posterior de aprovação do projeto.

Um curador baseado nesta cidade será o interlocutor entre o proponente do projeto e as duas instituições participantes. Ele acompanhará o desenvolvimento da viagem de pesquisa e o desenvolvimento do projeto futuro podendo contribuir com sua implementação no Rio de Janeiro. Além de sua realização, está também planejada uma fala pública a respeito do período de pesquisa no exterior. Esta também deverá ser realizada no Rio de Janeiro, em data e local a serem definidos.

Cronograma da convocatória:
Abertura de inscrições: 05 de junho a 15 de julho
Realização de entrevistas com candidatos pré-selecionados: 31 de julho
Divulgação do resultado: 01 de agosto

Requisitos das inscrições:

  1. O projeto de pesquisa curatorial deve ser inédito;
  2. O candidato deve ter maioridade civil, com idade mínima de 18 anos completos e conhecimento suficiente da língua inglesa (boa comunicação oral e escrita), sendo certo que a etapa de pesquisa na Europa será realizada em inglês;
  3. O candidato deve ter conhecimento da cena artística contemporânea brasileira e experiência em curadoria, envolvendo não só a concepção de projetos, mas também pesquisa;
  4. Ao final do período da estadia na Europa, o candidato selecionado deverá apresentar um curto relatório com o resultado da sua pesquisa ao comitê de seleção e a representantes do Goethe-Institut e do Instituto Francês do Brasil.

Critérios de avaliação:

  1. Clareza na apresentação do projeto;
  2. Estabelecimento de vínculos entre a pesquisa proposta, o tema norteador do programa e o percurso curatorial do candidato;
  3. Sugestão do roteiro de viagem e coerência entre o tempo sugerido, a distância percorrida e a ajuda de custo oferecida pelo programa;
  4. Viabilidade de realização do evento proposto pelo candidato como resultado da conclusão de seu período de pesquisa.

Comitê de seleção:
O comitê de seleção será composto de por cinco integrantes: um representante do Goethe-Institut; um representante do Instituto Francês do Brasil; três profissionais ligados às artes visuais e curadoria de arte contemporânea no Brasil.

Condições:

  • O projeto fará parte de uma convenção assinada entre o candidato, o Goethe-Institut e o Instituto Francês do Brasil no Rio de Janeiro. Os termos da segunda fase do projeto (apresentação para o público) serão definidos numa outra convenção;
  • O candidato selecionado receberá uma bolsa no valor de 5000€ para todas as despesas relativas à viagem de pesquisa;
  • Os cartões de embarque das passagens aéreas emitidas devem ser guardados e suas cópias digitais enviadas às instituições organizadoras;
  • O candidato se compromete a planejar e realizar o evento resultante de sua pesquisa em formato a ser discutido na cidade do Rio de Janeiro;
  • O não cumprimento da totalidade do projeto implica a penalidade de reembolso das despesas adiantadas.

Inscrições:

  • O dossiê de candidatura deve ser apresentado em arquivo único em PDF, contendo :
  • CV do candidato (1 página) e portfólio (se houver, sem limites de páginas);
  • Apresentação, justificativa, metodologia e cronograma do projeto de pesquisa curatorial no exterior (5 páginas no máximo);
  • Carta de intenção relatando as motivações para a seleção do projeto (1 página);
  • Proposta de formato para o evento público em 2020 (1 página).

Email para inscrever o projeto: convocatoriafrancoalema@gmail.com
O candidato receberá confirmação de recepção do dossiê por email.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.