As comemorações do centenário da Tchecoslováquia acontecem no mundo e em Brasília

As comemorações do centenário daTchecoslováquia já duram há um ano, mas no domingo atingem o seu ponto alto, com uma série de iniciativas que vão de concertos à reabertura do Museu Nacional, em Praga. Líderes políticos de vários países (incluindo a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron) deslocam-se a Praga, sábado e domingo, para as celebrações e para encontros com o primeiro-ministro checo, Andrej Babis.

Em Brasília não poderia ser diferente e os embaixadores da República Tcheca e da Eslováquia  Milan   Cigáň e Senhora Sandra Lang Linkensederová  receberam para   uma recepção  em 25 de outubro,em grande estilo, com direito a exposição fotográfica, danças e comidas típicas embaixadores de vários países , jornalistas e brasilienses, para a festa que marca também, a despedida do embaixador da Eslováquia que ficou 6 anos no Brasil.

As autoridades e personalidades de diferentes quadrantes da República da Eslováquia também se concentram em Praga, para a celebração do nascimento do Estado federal da Checoslováquia, que durante várias décadas foi constituído pela República Socialista Tcheca e pela República Socialista da Eslováquia.

Naturalmente, o momento primeiro a ser lembrado é o dia 28 de outubro de 1918, quando, no rescaldo das negociações de paz após a I Guerra Mundial (1914-1918), Tomás Mazarik declarou a independência do Estado da Tchecoslováquia, de que se tornaria o primeiro Presidente. 

História e curiosidades

Até 1993, a Eslováquia e a República Tcheca eram um mesmo país, separando-se entre si e deixando de existir a Tchecoslováquia, que então tinha apenas 75 anos. Até 1918 a Tchecoslováquia fazia parte do Império Império Austro-húngaro, quando neste ano, logo após derrota na Primeira guerra mundial, militares assinaram o armistício e deram origem a outros países, incluindo a Tchecoslováquia.- Os países tornaram-se  plenamente independentes em 1 de janeiro de 1993, após a dissolução pacífica da Tchecoslováquia,em um processo conhecido como Revolução de Veludo

A língua oficial da República Tcheca é o Checo. Este país possui uma área total de 78.866 km², estando na posição 117 na relação de países por área territorial. Em comparação com o Brasil, o território da República Tcheca é menor do que o estado de Santa Catarina, por exemplo. 

Curiosidades do país:
Castelos: quem quiser ficar próximo de um conto de fadas precisa conhecer este país. São mais de 2000 castelos, perdendo apenas para Bélgica e França;Localização: o país está simplesmente no centro da Europa, tornando seu acesso aos principais países muito fácil. 

A Eslováquia é uma república democrática parlamentar, com um chefe de governo – o primeiro-ministro – que tem a maior parte do poder executivo, e um chefe de Estado – o Presidente – chefe do executivo. O país está dividido em oito regiões, cujos nomes correspondem aos nomes das suas principais cidades, e que usufruem de um certo grau de autonomia desde 2002.A língua oficial é o eslovaco e o país também é um destino maravilhoso para turistas.  é  um país organizado, e muito limpo.Em 2016, os principais setores da economia eslovaca foram a indústria (27,3 %), o comércio grossista e retalhista e os serviços de transportes, alojamento e restauração (21,6 %) e a administração pública, a defesa, a educação, a saúde e os serviços sociais (13,4 %).

Fotos da recepção em Brasília:

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.