Tufão Jebi cancela voos e fecha escolas e comércio no Japão

Cerca de  600 voos foram cancelados, nesta terça-feira (4), no Japão,  a causa foi os ventos fortes e chuvas intensas com a aproximação do tufão Jebi, que a Agência Meteorológica do país  prevê para as regiões oeste e leste do território. Além das companhias aéreas, os serviços de trem locais e as linhas de alta velocidade, como a rota Osaka-Hiroshima, foram cancelados.

Algumas empresas recomendaram que os funcionários trabalhem hoje em casa. Escolas também tiveram de cancelar as atividades,as atividades comerciais também foram interrompidas,  e as atividades do parque temático Universal Studios Japan em Osaka, relatou a agência de notícias japonesa Kyodo.

 

A pressão atmosférica detectada e as rajadas de vento até 216 quilômetros por hora, provocadas pelo tufão, levaram a agência a descrevê-lo como o mais poderoso que chega ao arquipélago nesta temporada e o mais forte em 25 anos, se mantiver a mesma intensidade quando chegar a terra.

O Jebi, o vigésimo primeiro tufão desta temporada no Pacífico, catalogado como “muito forte” pela Agência Meteorológica do Japão, deve atingir a ilha de Shikoku (oeste) ou a península de Kii por volta das 12:00 (05:00 em Lisboa).

Com informações da Agência  Lusa.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.