Presidente da Venezuela pede ajuda do Papa Francisco para dialogar com a oposição

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro,  enviou nesta segunda -feira(12) uma carta ao Papa Francisco pedindo que ele interceda nas negociações com a oposição para amenizar a grave crise que assola o país.

Maduro citou deputados da oposição, sem identifica-los, por supostamente recrutar jovens para provocar disturbios nas manifestações realizadas desde 1 de abril, que deixaram 66 mortos e mais de mil feridos.

 

O papa Francisco mostrou publicamente disposição  em ajudar a retomar o dilogo político iniciado no ano passado entre  o governo venezuelano e oposição, mas desde que isso seja feito em “condições claras”. As negociações, acompanhadas pelo Vaticano e pela Unasul (União de Nações Sul-Americanas), foram suspensas em dezembro sob acusações mutuas de violação de acordos.

Na última quinta-feira (8), a alta cúpula da igreja na Venezuela se reuniu com o papa no Vaticano.

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.