PM Modi para vendedores ambulantes de Madhya Pradesh: SVANidhi Yojna dá uma nova identidade e oportunidade

O SVANidhi Yojna foi formulado para os vendedores ambulantes de forma a fornecer-lhes acesso a empréstimos acessíveis para retomar seus meios de subsistência atingidos pela pandemia de COVID-19

O primeiro-ministro Narendra Modi disse, na quarta-feira, 9 de setembro, que o governo central formulou um esquema para fornecer uma plataforma online para vendedores de comida de rua em todo o país, de forma a ajudá-los a entregar comida aos seus clientes, como os grandes restaurantes. Em seu discurso via webcast para vendedores ambulantes de Madhya Pradesh, Modi disse que o trabalho estava acontecendo em um ritmo rápido na plataforma.

O PM Modi, que interagiu com três fornecedores de Sanver (Indore), Gwalior e Sanchi, disse que a pandemia de COVID-19 afetou os pobres e os setores mais carentes da sociedade. Ele acrescentou que o governo tem feito esforços para ajudá-los por meio de vários esquemas. “O governo garantirá que as pessoas registradas no Pradhan Mantri SVANidhi Yojna sejam atendidas e que todas as comodidades básicas sejam fornecidas.”

O SVANidhi Yojna foi formulado para os vendedores ambulantes de forma a fornecer-lhes acesso a empréstimos acessíveis para retomar seus meios de subsistência atingidos pela pandemia COVID-19.

“De acordo com o programa, o governo verá se os vendedores ambulantes estão recebendo os benefícios de Ujjawala (para distribuição de conexões de GLP), Ayushman Bharat (esquema de seguro saúde), habitação e outros programas governamentais. Se não o fizerem, o governo trabalhará nisso com prioridade.”

O PM Modi disse que o SVANidhi Yojna deu uma nova identidade e oportunidade a um grande número de vendedores ambulantes de retomar e promover seus negócios. Ele disse que empréstimos de Rs 10.000 podem ser feitos inicialmente de acordo com o programa. O PM Modi acrescentou que os vendedores ambulantes poderiam melhorar sua capacidade de crédito gradualmente, melhorando seus negócios e pagando os empréstimos dentro do prazo.

Ele pediu aos fornecedores que apresentassem ideias inovadoras para levar seus negócios a novos níveis e trabalhar com pagamentos digitais. “Nos últimos quatro anos, as transações digitais aumentaram. Durante o período da COVID-19, vimos que são necessárias também. Agora os clientes evitam fazer um pagamento em dinheiro.”

O PM Modi disse que muitas pessoas falaram repetidamente sobre os pobres, mas o trabalho feito por eles nos últimos seis anos, de forma planejada, nunca foi feito antes. “Vários passos foram dados para ajudar os pobres a se tornarem autossuficientes e lutarem por conta própria contra a pobreza.” Ele disse que os esquemas do governo central apoiaram dalits, tribos e outros despossuídos.

O PM Modi disse que os pobres antes não iam aos bancos por medo de papéis, mas, agora, 400 milhões de pessoas têm suas contas bancárias sob o Pradhan Mantri Jan Dhan Yojana. “É por causa de Jan Dhan Yojna que os pobres estão ligados aos bancos, obtendo empréstimos fáceis e podendo sair dos tentáculos dos agiotas. É por causa dessas contas bancárias que os pobres estão conseguindo casas sem pagar propinas. Os agricultores estão recebendo assistência diretamente em suas contas bancárias.”

Ele disse que, durante a pandemia, mais de 200 milhões de mulheres receberam Rs 310 bilhões em suas contas graças ao Jan Dhan Yojna. “Da mesma forma, sob o PM Kisan Samman Nidhi, mais de Rs 940 bilhões foram transferidos diretamente para as contas bancárias de mais de 100 milhões de agricultores.”

Ele disse que, em breve, todas as vilas serão conectadas a mercados online e, portanto, o mundo estará conectado às vilas. “Decidimos, no dia 15 de agosto deste ano, fornecer fibra óptica para todas as vilas em 1.000 dias. Assim, todas as vilas terão instalações de Internet e, portanto, as vilas também se beneficiarão da revolução digital.”


SVANidhi Yojna gives new identity, opportunity: PM Modi to Madhya Pradesh street vendors

Prime Minister Narendra Modi on Wednesday said the Centre has formulated a scheme to provide an online platform to street food vendors across the country to help them deliver food to customers like big restaurants. In his address via webcast to street vendors of Madhya Pradesh, Modi said work was going on at a rapid pace on the platform.

PM Modi, who interacted with three vendors from the state’s Sanver (Indore), Gwalior and Sanchi, said the Covid-19 pandemic has affected the poor and the society’s deprived sections most. He added the government has made efforts to help them through various scheme. “The government will ensure that those registered under Pradhan Mantri SVANidhi Yojna are taken care of and provided all basic amenities.”

The SVANidhi Yojna has been formulated for street vendors to provide them access to affordable loans for resuming their livelihoods hit by the Covid-19 pandemic.

“Under the scheme, the government will see if the street vendors are getting the benefits of Ujjawala [for distribution of LPG connections], Ayushman Bharat [health insurance scheme], housing and other government schemes. If they do not… the government will work on it on a priority basis.”

Modi said the SVANidhi Yojna has given a new identity and opportunity to a large number of street vendors to resume and promote their businesses. He said Rs 10,000 loans can be initially taken under the scheme. Modi added street vendors could improve their borrowing capacity gradually by improving their business and repaying loans on time.

He called on vendors to come up with innovative ideas to take their businesses to new levels and work on digital payments. “In the last four years, digital transactions have gone up. During Covid-19 period, we saw it was necessary also. Now customers avoid making a cash payment.”

Modi said many people talked about the poor repeatedly but the work done for them in the last six years in a planned manner was never done before. “Several steps were taken…to help the poor become self-reliant and fight against poverty on their own and come out it.” He said the Centre’s schemes have supported Dalits, tribals and other have-nots.

Modi said the poor once would not go to the banks out of fear of papers but now 400 million people have their bank accounts under the Pradhan Mantri Jan Dhan Yojana. “It is because of Jan Dhan Yojna that the poor are linked with the banks, getting easy loans and could get out of tentacles of moneylenders. It is because of these bank accounts that the poor are getting houses without paying bribes. Farmers are getting assistance directly in their bank accounts.”

He said during the pandemic over 200 million women got Rs 31,000 crore in their accounts thanks to the Jan Dhan Yojna. “Similarly, under PM Kisan Samman Nidhi, more than Rs 94,000 crore were transferred directly to the bank accounts of more than 100 million farmers.”

He said soon every village would be linked with online markets and thus the world would be linked to villages. “We resolved on August 15 this year to provide optical fibre to every village in 1,000 days. Thus every village will have internet facility and thus the villages too will benefit from the digital revolution.”

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.