Influenciadora chinesa desembarca na mídia brasileira

A cerimônia de lançamento da coluna de notícias diárias Mundo China, coproduzida pelo Grupo de Mídia da China (CMG, sigla em inglês) e pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação do Brasil foi realizada no dia 11, em São Paulo, maior cidade da América Latina.

Com sede em São Paulo, o Grupo Bandeirantes de Comunicação foi fundado em 1937, sendo o segundo maior grupo de comunicação do Brasil. Ele possui mais de 40 submarcas de comunicação em áreas como televisão, radiodifusão, jornal e mídia digital. O sinal da televisão e da radiodifusão do Grupo pode cobrir todo o Brasil. Em 2008, o Grupo adquiriu o direito de transmissão dos Jogos Olímpicos de Beijing, se tornou a única emissora autorizada do Brasil, estabelecendo desde então um vínculo especial com a China.

As cooperações entre o CMG e o Grupo Bandeirantes de Comunicação têm uma longa história. Com a Cúpula que será realizada em Brasília, as cooperações entre os dois grandes grupos de comunicação terão uma atualização global. O Mundo China é a síntese delas. Segundo os acordos assinados pelas duas partes, o canal de notícias Bandeirantes vai exibir diariamente uma coluna de notícias de 5 até 8 minutos, chamada Mundo China,entre as 19 horas e 20 horas. Isso tem como objetivo mostrar ao público brasileiro uma China verdadeira.

O presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, João Carlos Saad, disse que as cooperações com o CMG têm um significado extraordinário. A complementaridade econômica entre a China e o Brasil faz com que as cooperações futuras tenham uma vasta perspectiva. E o Mundo China é um bom vínculo para aumentar o conhecimento entre os dois povos. Por exemplo, o vídeo em que se fez a comparação entre o café e o chá, isso não só levanta a popularidade do café brasileiro na China, como também faz com que mais brasileiros aceitarem o chá da China.

Atualmente, o conteúdo da coluna é planejado e produzido conjuntamente pelos grupos da China e do Brasil. A série de reportagem Saborear a China, produzida pelo escritório do “Relaxa, chá”, do Departamento de Português do CMG, experimenta diferentes sabores e chamou grande atenção no Brasil assim que foi exibida.

A audiência brasileira Hermes Holinari disse: “gostei de ouvir uma chinesa falar muito bem o nosso português, parabéns.”

O brasileiro Libio Bandelli disse: “Foi graças aos chineses que os pobres do mundo todo tem algum bem material muito útil para facilitar a vida.”

A brasileira Ana Magalhaes disse: “China surpreende o mundo com ações invovadoras, consegue fazer uma grande parceria entre o velho e o novo, o progresso e a tradição. Excelente exemplo para outros países.”

O lançamento do “Relaxa, chá” do Departamento de Português não só dá seu primeiro passo no Brasil, como também se tornou um vínculo para impulsionar a evolução da amizade entre a China e o Brasil.

O diretor do Centro China-Brasil: Pesquisa e Negócios, Ronnie Lins, disse que ele assiste todos os episódios do Mundo China. Além disso, ele também é um grande fã da apresentadora chinesa Luana, do escritório do “Relaxa, chá”. Ele acha que os conteúdos apresentados por Luana são novidades da China. Isso ajuda muito ele conhecer melhor o país e desenvolver os seus trabalhos. Para ele, essa maneira é muito bom, podem-se eliminar várias incompreensões dos brasileiros sobre a China. Uma pessoa comum que fala tão bem português terá um melhor efeito do que as grandes produções.

O governador do Estado de São Paulo, João Doria,também assistiu à coluna, ele disse que ficou impressionado com as apresentações de Luana. Aos olhos dele, as cooperações entre o CMG e o Grupo Bandeirantes de Comunicação são históricas. Por meio do Mundo China, mais brasileiros conhecerão a situação atual da China e ainda podem descobrir oportunidades comerciais.

Além dos vídeos da influenciadora, os materiais de notícias oferecidos do Departamento de Português também obtiveram avaliações positivas pelo grupo de produção do Mundo China do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Pode-se encontrar entrevista com o novo embaixador do Brasil na China, Paulo Estivallet de Mesquita, na ocasião pelo 45º aniversário da fundação das relações diplomáticas entre a China e o Brasil.

Quando concedeu entrevista ao canal de notícias da TV Bandeirantes, a chefe do Departamento de Português do Centro de Europa e América Latina da CMG, Wu Yichen, disse que o objetivo para abrir a coluna Mundo China é apresentar aos brasileiros uma China global, verdadeira e diversificada. Ela deseja que os programas possam aumentar o conhecimento do público brasileiro sobre a China, dando contribuições para aproximar os dois países.

Matéria publicada pela CRI que autoriza a publicação em parceria com o www.brasiliainfoco.com

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.