Exposição fotográfica de tapetes do Azerbaijão

Está sendo realizada no Centro Cultural Santo Amaro em São Paulo, SP, a “Exposição Fotográfica de Tapetes do Azerbaijão”. Sendo realizado pela primeira vez no Brasil, e contendo cerca de 40 fotos de carpetes, a exposição fotográfica mostra umas das tradições mais milenares da cultura do Azerbaijão: a tecelagem.


Os tapetes do Azerbaijão são divididos em 8 grupos principais: palas, jejim, kilim, shadda, varni, zili, ladi e sumakh. Cada um deles se distingue com sua própria técnica e padrões geométricos. Além disso, os tapetes também são classificados em quatro grandes grupos regionais: Kuba-Shirvan, Ganja-Cazaque, Karabakh e Tabriz. Durante séculos, todos os grupos regionais desenvolveram suas próprias características artísticas. Os desenhos dos tapetes do Azerbaijão demonstram ornamentos geométricos antigos de origem local.


A exposição fotográfica permanece no Centro Cultural Santo até do dia 12 de janeiro, e depois a exposição irá para o Centro Cultural da Penha, localizado no bairro de Penha da França, na cidade de São Paulo, sendo exposta no período de 14 de Janeiro até 28 de Fevereiro.

A “Exposição Fotográfica de Tapetes do Azerbaijão” é uma realização da Embaixada do Azerbaijão no Brasil e Ministério da Cultura da República do Azerbaijão, em parceria com a Secretario Municipal de Cultural e com o apoio da Secretaria Municipal de Relações Internacionais da cidade de São Paulo.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.