Escola de Samba de São Paulo fez homenagem ao povo armeno

A Rosas de Ouro  foi  uma das escolas  a cruzar o Anhembi na segunda noite de desfiles do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo,  mostrou   a história da Armênia com o tema “Viva Hayastan!”, em homenagem ao povo que sofreu genocídio. A escola pretende fazer um elo entre a história do Carnaval de São Paulo e a comunidade armênia que vive na capital paulista, segundo o carnavalesco André Machado. A cultura do país – música, dança, artesanato e outras artes – também  foi mostrada durante o desfile no sambódromo, e até mesmo o cantor Charles Aznavour, francês de origem armênia, que morreu no ano passado,  foi homernageado. O desfile foi muito bonito e bem organizado e arrancou os aplausos da multidão.

 

Fotos: Fabio Tito


Enredo de 2019: “Viva Hayastan!”

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.