Encarregado de negócios da Embaixada da Índia fala sobre o COVID-19 no país

Entrevista concedida em Inglês a Jornalista Fabiana Ceyhan e traduzida para o português

Shri Koventhan – Encarregado de Negócios da Embaixada da India

1- Qual é a situação atual da pandemia de COVID-19 na Índia e como a Índia está enfrentando esse desafio?

A Índia, um país de 1,3 bilhão de pessoas, conseguiu limitar o número de mortes para 392 ( 15-04-2020), desde que o primeiro caso COVID-19 foi detectado. Com uma estratégia de gerenciamento detalhada e um plano bem executado sob a liderança dinâmica do Sr. Primeiro Ministro da Índia Shri Narendra Modi, estamos lidando com a situação do COVID-19 na Índia da melhor maneira possível. Muito antes de termos um caso relatado de COVID-19, começamos a rastrear viajantes internacionais vindos dos países afetados pela Corona em nossos aeroportos. Muito antes de o número de pacientes com COVID-19 chegar a 100, tornamos obrigatória a auto-quarentena de 14 dias para todos aqueles que vinham do exterior. Quando tivemos apenas 550 casos COVID-19, a própria Índia deu o grande passo de um bloqueio completo de 21 dias em todo o país. Além disso, no interesse geral de nosso país e de seus cidadãos, o governo da Índia estendeu ainda mais esse bloqueio até 3 de maio de 2020. A exibição da força coletiva, neste momento de crise, está nos permitindo avançar em nossa luta contra essa pandemia.

2- Conte-nos sobre as várias medidas / medidas tomadas pelo governo da Índia para enfrentar a crise do COVID-19

Nosso Primeiro Ministro (PM) tomou conhecimento do assunto e constituiu um GOM (Grupo de Ministros) para planejar, monitorar e revisar a situação regularmente. O Primeiro Ministro também realiza reuniões regulares de revisão com vários interessados, incluindo Ministros do Gabinete, Ministros Principais dos estados, Chefes de Missões Indianas no exterior, altos funcionários do governo regularmente. Ao lidar com a pandemia de COVID-19, ele também interagiu com muitos líderes mundiais, incluindo o Presidente do Brasil H.E. Jair Bolsonaro.
Nossa Administração Pública é uma das nossas maiores forças. Os executivos federais e estaduais foram mobilizados e estão trabalhando como uma unidade integrada.
A Vigilância organizada nos pontos de entrada no país (aeroportos, navegação, fronteiras terrestres)
⮚ Foi criada uma rede de laboratórios em todo o país para facilitar o teste de amostras precoce e oportuno. Temos 220 laboratórios de teste funcional.
Preparação de hospitais em termos de leitos de isolamento, gestão de cuidados intensivos e prevenção de infecções. Temos mais de 600 hospitais dedicados ao tratamento de pacientes com COVID-19.
Capacitação (médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde) e gestão de logística (EPI, máscaras, desinfetantes para as mãos etc.)
⮚ Tendo em mente a necessidade de ter um fundo nacional dedicado, com o objetivo principal de lidar com qualquer tipo de situação de emergência ou angústia, como apresentado pela pandemia do COVID-19, e de proporcionar alívio aos afetados, um fundo de caridade público Foi criado com o nome de ‘Fundo de Assistência e Assistência ao Cidadão do Primeiro Ministro em Situações de Emergência’ (Fundo PM CARES) ‘.
⮚ Um bloqueio nacional foi implementado desde 25 de março de 2020. O bloqueio é acompanhado por um esforço nacional para melhorar a preparação médica. Este bloqueio está sendo prorrogado até 3 de maio de 2020.
⮚ Rastreamento intensivo de contratos
⮚ Agora, com base nos casos relatados, categorizamos os distritos em três tipos Hot Spots (Zona Vermelha), Distritos não hot spot (Zona Laranja) e Distritos não infectados (Zona Verde) e medidas de contenção são implementadas de acordo.

Nossa Administração Pública é uma das nossas maiores forças. Os executivos federais e estaduais foram mobilizados e estão trabalhando como uma unidade integrada.
A Vigilância organizada nos pontos de entrada no país (aeroportos, navegação, fronteiras terrestres)
⮚ Foi criada uma rede de laboratórios em todo o país para facilitar o teste de amostras precoce e oportuno. Temos 220 laboratórios de teste funcional.
Preparação de hospitais em termos de leitos de isolamento, gestão de cuidados intensivos e prevenção de infecções. Temos mais de 600 hospitais dedicados ao tratamento de pacientes com COVID-19.
Capacitação (médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde) e gestão de logística (EPI, máscaras, desinfetantes para as mãos etc.)
⮚ Tendo em mente a necessidade de ter um fundo nacional dedicado, com o objetivo principal de lidar com qualquer tipo de situação de emergência ou angústia, como apresentado pela pandemia do COVID-19, e de proporcionar alívio aos afetados, um fundo de caridade público Foi criado com o nome de ‘Fundo de Assistência e Assistência ao Cidadão do Primeiro Ministro em Situações de Emergência’ (Fundo PM CARES) ‘.
⮚ Um bloqueio nacional foi implementado desde 25 de março de 2020. O bloqueio é acompanhado por um esforço nacional para melhorar a preparação médica. Este bloqueio está sendo prorrogado até 3 de maio de 2020.
⮚ Rastreamento intensivo de contratos
⮚ Agora, com base nos casos relatados, categorizamos os distritos em três tipos Hot Spots (Zona Vermelha), Distritos não hot spot (Zona Laranja) e Distritos não infectados (Zona Verde) e medidas de contenção são implementadas de acordo.

3- Quais são as medidas tomadas para proteger o interesse das seções economicamente mais fracas na Índia?

O pacote Garib Kalyan do primeiro-ministro foi lançado para mitigar as dificuldades enfrentadas pelos pobres e desfavorecidos. Suprimentos alimentares, gás de cozinha, apoio financeiro e outras formas de apoio estão sendo entregues em todo o país. De acordo com os dados disponíveis comigo, 323,2 milhões de pessoas foram apoiadas por meio da Transferência Direta de Benefícios. 52,9 milhões de pessoas receberam cestas basicas .21,7 milhões de trabalhadores de construção receberam apoio financeiro. Mulheres, idosos e pessoas com deficiências também estão recebendo assistência nesse programa.

4- Quais são as medidas tomadas para cidadãos indianos no exterior?

O Ministério das Relações Exteriores de Nova Délhi montou uma célula COVID que funciona 24×7. Ele monitora regularmente as condições dos índianos. O Ministério coordenou evacuações internas e externas em grande escala. Nossas missões no exterior mantêm contato regular com cidadãos indianos e estão estendendo toda a assistência possível a eles.
Na Embaixada da Índia em Brasília e em nosso Consulado em São Paulo, adotamos a abordagem “Distanciamento social e proximidade digital”. Para ajudar os nacionais indianos no Brasil, montamos dois números de suporte 24×7 +55 (61) 981391127 & +55 (11) 994518224. Uma sala de emergência foi estabelecida em Brasília (e-mail: covidsitbrasilia@gmail.com). Todas as consultas recebidas através d e-mails e telefonemas estão sendo prontamente respondidas. Também mantemos nossas páginas de mídia social atualizadas com todos os avisos relevantes sobre viagens e vistos. Também estamos realizando videoconferências regulares .

5- Como a Índia e o Brasil estao cooperando na luta contra a pandemia do COVID-19?

O Brasil e a Índia mantêm relações estreitas e amigáveis. Nossa parceria com o Brasil está mais forte do que nunca nestes tempos difíceis. O Presidente do Brasil, SR Jair Bolsonaro, em seu discurso à nação em 8 de abril de 2020, agradeceu ao Primeiro Ministro da Índia e ao povo da Índia pela ajuda oportuna à exportação de hidroxicloroquina. O primeiro-ministro da Índia também retribuiu seus agradecimentos ao presidente do Brasil. Ambos os líderes participaram da Cúpula Virtual do G20, também falaram por telefone e discutiram como Índia-Brasil podem unir forças contra a pandemia do COVID-19.  

6- Como a Índia coopera internacionalmente nesse assunto?

A Índia acha que “a pandemia global requer uma resposta global”. A Índia está comprometida em contribuir para a luta da humanidade contra essa pandemia. Respondemos positivamente às exigências farmacêuticas de outras nações e também estendemos a assistência a outros países, fornecendo equipamentos e medicamentos essenciais. Também foi criado um Fundo de Emergência COVID-19 da Associação para a Cooperação Regional da Ásia do Sul (SAARC), com a Índia contribuindo com US $ 100 milhões para combater esta pandemia nos países da SAARC. Eu já mencionei sobre a Cúpula Virtual do G20.

7- Como a tecnologia está sendo usada na Índia para combater o COVID-19?

Aarogya Setu é um aplicativo móvel desenvolvido pelo Governo da Índia para conectar serviços essenciais de saúde com o povo da Índia, principalmente para lidar com a crise do COVID-19. É um passo importante em nossa luta contra o COVID-19. Mais de 50 milhões de usuários baixaram este aplicativo.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.