Embaixada dos Emirados Árabes Unidos celebra 52º aniverário de fundação do país

País completou 52° aniversário de fundação sendo referência em sustentabilidade

Os Emirados Árabes Unidos (EAU) celebram anualmente sua Data Nacional em 2 de dezembro. Em 1971, os sete emirados se uniram para formar uma nação: Abu Dhabi, Dubai, Xarja, Ajmã, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujeira.

Em apenas cinco décadas os Emirados se tornaram um país altamente desenvolvido tecnologicamente e um grande polo de turismo, principalmente por causa da cidade de Dubai.

O embaixador dos EAU no Brasil, Saleh Ahmad Salem Alzaraim Alsuwaidi, recebeu convidados no Hípica Hall, em Brasília, na noite de quarta-feira (22). Estavam presentes autoridades, diplomatas e amigos dos emirados.

Além de poder experimentar a rica gastronomia emiradense, o público presente assistiu uma apresentação da Orquestra dos Emirados Árabes Unidos com a soprano, Fatima Alhashini e a Orquestra Brasileira sob a regência de Ed Cortês.

Em seu discurso, o embaixador Alsuwaidi destacou o desenvolvimento dos Emirados Árabes Unidos, que também é conhecido pela sustentabilidade. O país sediará a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28) entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro de 2023. O evento reunirá líderes de mais de 190 países para discutir estratégias de combate ao aquecimento global.

“Os EAU são modelo pioneiro na área da sustentabilidade, pois é o primeiro país da região a assinar e ratificar o Acordo Climático de Paris, e o primeiro país a anunciar uma estratégia de neutralidade de carbono até 2050”, disse o diplomata.

“Sua Alteza o Xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan, Presidente dos Emirados Árabes Unidos, declarou o ano de 2023 como Ano da Sustentabilidade sob o lema “O Hoje é para o Amanhã”, continuou.

Relações bilaterais com o Brasil

Os EAU e o Brasil mantém fortes relações de parceria estratégica. A cooperação foi coroada com a visita histórica do Presidente Lula da Silva aos EAU em abril deste ano, quando diversos acordos e memorandos de entendimento foram assinados.

Lula também deve ir ao país do Golfo durante COP28 no final deste mês, em companhia da Ministra do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, Marina Silva, o Ministro da Casa Civil, Rui Costa, além de vários governadores.

“Esta parceria estratégica entre os dois países amigos impactou de forma muito positiva a cooperação governamental e de investimentos, sendo a sustentabilidade uma parte importante dela”, reforçou o embaixador.

O Brasil tem recebido investimentos de empresas e fundos soberanos dos EAU em diversas áreas. Também foi aberto o escritório do grupo emiradense de segurança EDGE.

Alsuwaidi agradeceu o Brasil pelo apoio expressado à adesão do país ao BRICS. “Nossos agradecimentos ao Brasil pela cooperação em cada passo que damos juntos e que consolidam esta ambiciosa parceria estratégica”, encerrou.

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.