Embaixada da Suécia abre o evento Dialógos Nórdicos 2020

Na segunda- feira, 09 de março, a Embaixada da Suécia no Brasil, recebeu convidados de diferentes áreas da sociedade para o primeiro encontro do ano de 2020 e debate relacionado aos Diálogos Nórdicos . Membros do governo, jornalistas, políticos e sociedade civil fizeram parte do encontro que visa conscientizar cada vez mais cidadãos sobre a importância da sustentabilidade, igualdade de Gênero, aquecimento global, entre outros. As Embaixadas envolvidas no projeto são: Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. Na ocasião todos os embaixadores destes países discursaram e mostraram exemplos de sustentabilidade, geração de energia, consumo consciente em seus países.

Embaixadora da Suécia Johanna Brismar- Skoog discursa na abertura do evento

Diálogos Nórdicos é um projeto de duração de três a quatro anos cuja expectativa é criar uma marca nórdica que contribuirá para a criação de sinergias e mudanças no Brasil. Escolhendo anualmente um tema, os Diálogos Nórdicos abrangem aspectos políticos e culturais que fortalecem e consolidam a disseminação da perspectiva nórdica no Brasil. O aspecto político está muito ligado a debates, entrevistas, reuniões multilaterais, workshops e apresentações. 

Tendo como princípio norteador a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, os temas anuais dos Diálogos Nórdicos se relacionam intrinsicamente às Metas de Desenvolvimento Sustentável. Assim, o primeiro Diálogos Nórdicos, de 2018, promoveu maior igualdade de gênero. O Diálogos Nórdicos 2019 abrangeu o fortalecimento da confiança entre instituições e indivíduos; e o Diálogos Nórdicos 2020 vai centrar suas discussões no crescimento responsável e sustentável.
A região nórdica possui liderança mundial na igualdade de gênero e representação de mulheres na política. Igualdade de gênero contribui para o avanço da vida profissional e social, e para o fortalecimento da economia na região nórdica.

Atividades: Conferências públicas, eventos no Congresso, diálogos com universidades, exibições de filmes, leituras de literatura nórdica, exibições e campanhas nas redes sociais.

Parceiros: Parceiros do projeto incluem Embaixadas Nórdicas em Brasília, Instituto Cultural da Dinamarca, Escola Nacional de Administração Pública, Innovation Norway (Inovação Noruega), ONU Mulheres, Consulados Nórdicos em São Paulo e no Rio de Janeiro, e Câmaras de Comércios Nórdicas.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.