Embaixada da República Dominicana inaugura nova sede em Brasília e recebe visita ministerial

A Embaixada da República Dominicana no Brasil, inaugurou sua nova sede no Setor de Embaixadas Sul, em Brasília, na noite  de 24 de junho. Para o evento foram convidadas várias autoridades brasileiras, estrangeiras , e o  Vice  Ministro de Relações Exteriores do país,  Hugo Rivera,  que veio ao Brasil somente para  o evento. O embaixador Alejandro Arias Zarzuela enfatizou a importância do Brasil para a República dominicana e agradeceu aos presentes e aos idealizadores do projeto da nova embaixada. A República Dominicana tem 45 embaixadas ao redor do mundo.

No dia 25, a Chefe de cozinha dominicana apresentou o projeto e livro sobre a diplomacia   gastronômica do país, explicando sobre aspectos culturais e todo o contexto histórico que fazem da gastronomia dominicana única e saborosa. A intenção  é levar a todos os países onde há embaixadas , conhecimento e receitas. Durante os dois dias foram servidos pratos elaborados pela renomada  chefe Ines Paez. Após a apresentação , a famosa noite dominicana foi destaque com muita música e dança , na própria sede da embaixada.

Sobre a Chefe Ines Paez


Foi classificada como "Embaixadora da Nova Dominicana culinária para o mundo", sendo a  primeira chefe Dominicana a focar sua linha de cozinha para resgatar o património gastronómico nacional e receitas ancestrais do país através do seu projeto destinado a motivar consumo e uso de produtos locais e a reinvenção e projeção da cozinha tradicional em uma "nova cozinha dominicana" em linha com as tendências de vanguarda que exigem os novos tempos, prontos para serem colocados ao nível das grandes cozinhas do mundo. Por isso, há 12 anos, dedica-se à pesquisa, sobre as origens, história, influências, produtos nativos e costumes culinários dominicanos. Trabalha de mãos dadas com camponeses, pequenos agricultores e pescadores, ensinando-os a criar elaborações artesanais com o excedente das suas colheitas, apoiando e criando consciência do respeito pelos fechamentos e conservação e cuidado das espécies pescadas.
Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.