Embaixada da França anuncia abertura de inscrições em 3 programas de bolsas para brasileiros

A Embaixada da França no Brasil reitera seu compromisso com a promoção do ensino superior e pesquisa na França ao lançar três novos editais de programas de bolsas de estudos e pesquisa para o ano de 2024.

A iniciativa visa fortalecer os laços acadêmicos entre os dois países e proporcionar oportunidades excepcionais para estudantes brasileiros.

1 – Bolsa “Guatá”

Destinada a estudantes indígenas brasileiros inscritos em instituições parceiras, a bolsa oferece a oportunidade de realizar um intercâmbio na França durante o doutorado.

Além de benefícios diversos, os selecionados receberão um subsídio mensal de € 1.588,00 durante o período de 6 a 11 meses.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de março de 2024.

Verifique a publicação aqui

2 – Bolsa TerrEE

O programa Bolsa TerrEE é direcionado a estudantes brasileiros no 1º, 2º ou 3º ano de doutorado, cujas pesquisas estejam centradas em temas relacionados à ecologia, ciências ambientais e da natureza e saúde.

A Embaixada busca, por meio dessa iniciativa, fortalecer a cooperação científica entre Brasil e França, especialmente em questões relacionadas à crise climática e perda de biodiversidade.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de março de 2024.

Acesse a publicação aqui

3 – Pós-graduação – M2

Em seu quarto ano de implementação, a Bolsa de Excelência M2 destina-se a estudantes inscritos no segundo ano do mestrado em uma universidade francesa (M2).

Oferecendo uma quantia mensal de € 470 por um período de 10 meses, juntamente com outros benefícios, a bolsa busca apoiar os estudantes no aprimoramento de suas habilidades acadêmicas.

Dada a natureza parcial do financiamento, os candidatos devem apresentar uma prova de complemento no valor de € 390 por mês.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio de 2024.

Confira a publicação aqui

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.