Embaixada da Argentina comemora a data nacional com apresentações culturais de tango e gastronomia do país

O Embaixador da Argentina no Brasil, Carlos Alfredo Magarinos  recebeu convidados na sede da embaixada em Brasília para celebrar a data nacional do País (09 de julho) que marca a independência da Espanha. O  evento foi celebrado com muito vinho argentino, champagne, carnes, empanadas e outros pratos típicos do país.

Na área cultural foi apresentado um concerto de tango com a cantora argentina, Evangelina Etchebest  e dançarinos . Embaixadores e  diplomatas   de diferentes países estavam presentes. Na ocasião o Embaixador brindou á independência  Argentina junto com a sua esposa e filhos e convidou os demais a  acompanha-lo.

A Argentina é um dos principais parceiros políticos e econômicos do Brasil. As relações bilaterais são estratégicas para a inserção do Brasil na região e no mundo. A construção de uma relação política de confiança e cooperação com a Argentina contribui para a constituição de um espaço regional de paz e de cooperação. Somadas, as capacidades de Brasil e Argentina representam cerca de dois terços do território, da população e do PIB da América do Sul.

Brasil e Argentina são unidos por uma linha de fronteira que se estende por 1.261 km. A política de integração fronteiriça constitui dimensão essencial da agenda de cooperação bilateral. A Comissão de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço (CODEFRO), instalada em 2011, é a mais alta instância bilateral de deliberação de políticas binacionais para a fronteira e para encaminhamento das demandas suscitadas no âmbito dos Comitês de Integração Fronteiriça Brasil – Argentina, que se reúnem anualmente nas localidades fronteiriças dos dois países.

Fotos: Cidalia Varela

                 

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.